sábado, 3 de novembro de 2012

ASSALTO DO BB EM LAGO DA PEDRA

Nesta manhã de sexta-feirra (02), dia de finados, vários curioso foram até a agência do banco do Brasil para olhar o estrago que os ladroes fizeram depois da roubo, carro Fiesta, que era de cor prata queimado, os destroços do veículo usado pela quadrilha na chegada ainda permanece na frente do banco. durante a fuga os assaltantes deixaram cair uma sacola de dinheiro em frente a uma fazenda há cerca de 3 Km do local do assalto, próximo ao povoado Centro do Augustinho, dois rapazes que iam passando numa moto estavam juntando o dinheiro quando os policiais chegaram e recolheram. Ao saberem da notícia várias pessoa do povoado com lanterna foram ao local e ainda acharam algumas notas. Os assaltantes passaram no povoado Centro do Augustinho atirando pra cima e gritando, uma estilo de comemoração pelo feito. A polícia esta na estrada em busca dos indivíduos. A quantia roubada ainda não foi informada. O GTA CHEGOU EM LAGOA GRANDE PELA MANHÁ A PROCURA DOS LADRÕES MAIS NÃO TIVERAM NEM ROTEIRO. O GTA (Grupo Tático Aéreo) continua em operação para prender os bandidos que assaltaram o BB no final da tarde de ontem em lago da pedra policiais do GTA continuam a prucura dos criminosos. hoje por volta das hs16:00 o GTA pousou em lagoa grande novamente. o bando era composto entre seis a oito bandidos. Eles abandonaram a Picape S10 no povoado Bom que Doi, libertaram os reféns e levaram os malotes de dinheiro. Não foram dois sacos de dinheiro, foram quatro amarrotados de verdinhas. Um desses sacos caiu no perto do povoado Cento do Agostinho. Dois jovens que passaram numa moto encontraram o saco cheio de dinheiro e foram juntar outras notas que estavam pelo chão, quando apareceu a polícia que confiscou o saco. Os moradores da região passaram a noite de lanterna na mão atrás de dinheiro deixado pelo bando. Alguns encontraram uma nota ali outra acola. O grosso do dinheiro sumiu nas mãos dos criminosos. O gerente do Banco do Brasil de Lago da Pedra que foi levado como refém é o Antônio Costa de Miranda, filho do proprietário do supermercado Miranda em Poção de Pedras e genro do Bento. Ele foi libertado no povoado Bom que Dói. Outro refém levado pelo bando de assaltante é o Daniel Brasil, natural do município de São Raimundo do Doca Bezerra. Ele é irmão de Wilson Brasil, secretário de Administração daquele município. Daniel Brasil é gerente de relacionamento do BB em Lago da Pedra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge