sábado, 19 de janeiro de 2013

O PT caminha para o rompimento político definitivo com o governo Roseana (PMDB) e com o grupo oligárquico comandado pelo senador José Sarney (PMDB -AP) no Maranhão.

A decisão sobre o afastamento da administração estadual, o vice-presidente do PT do Maranhão, Augusto Lobato, deverá, ser anunciada na próxima reunião da executiva regional, que deverá acontecer, provavelmente, no próximo dia 20. Vice-presidente do PT, Augusto Lobato Conforme o vice presidente do PT, a maioria da executiva defende o rompimento com o governo, até pelo desprestigio da legenda que, segundo ele, ajudou eleger a governadora, mas recebeu em troca apenas duas secretarias sem expressão: Relações Institucionais (Rodrigo Comerciante) e Trabalho (José Antonio Heluy). Outro fator que contribuiu muito para tomada desta posição foi o fracasso da candidatura do vice-governador Washington Luís Oliveira, que mesmo com todo apoio da máquina federal e estadual obteve um resultado pífio, ficando em quarto lugar, atrás de Eliziane Gama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge