quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

jovem sobrevive após ser enterrada viva.



                                                



Uma jovem de 19 anos sobreviveu após ser violentada, espancada e enterrada viva em uma cova rasa, no município de Pacoti, a 95 km de Fortaleza, no Ceará. Ela está internada no hospital Instituto Dr José Frota, na capital cearense, mas não corre risco de morte, embora esteja alternando entre momentos de lucidez e desorientação.
O caso, levado a Delegacia de Baturité, responsável pela área, está endo investigado, após a jovem reconhecer o agressor como o ex-companheiro e mais dois homens. Segundo informações da família, ela tinha saído para lavar roupa em um rio e não voltou. A irmã, preocupada, saiu a procura e no local onde deveria encontrá-la, achou apenas marcas de sangue.
O corpo da jovem foi encontrado duas horas depois pela própria irmã. Segundo ela, apenas os pés dela estavam para fora da terra, enquanto o corpo estava coberto com areia, arbustos e folhas de bananeira. A jovem chegou a sofrer traumatismo craniano porém não será necessário procedimento cirúrgico.
A vítima não morava mais com o homem que ela identificou como agressor. Eles mantinham contato apenas porque a mulher cobrava a pensão para cobrir despesas com o filho do casal. O suspeito está foragido.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge