quinta-feira, 23 de maio de 2013

Pelo sexto mês consecutivo,Maranhão registra saldo negativo na geração de emprego


                       
O portal oficial do Ministério do Trabalho, através da plataforma do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgou que há seis meses consecutivos o Maranhão apresenta saldo negativo na geração de emprego e renda.
O dado assustador foi lembrado pelo líder da oposição Rubens Jr. que na tribuna fez um alerta: o estado anda na contramão em relação ao restante do país. Em abril, por exemplo, o Maranhão foi o 4º estado a apresentar o maior índice negativo na geração de emprego. “Estados como Ceará, Mato Grosso, Piauí, Sergipe, Acre e Rondônia estão na nossa frente. Diferente do Maranhão, todos esses estados apresentaram saldo positivo em relação ao emprego”, disse Rubens.
A nota de conjuntura relativa aos meses de abril e maio deste ano, disponível no site do IMESC, verificou o fechamento líquido de 4 mil postos de trabalho formais no Maranhão. Na Agropecuária foram registrados -1,2 mil; no Comércio -1,5 mil e na Construção Civil -2,1 mil. Até o setor de Serviços que apresentou saldo positivo (+685) traz um dado preocupante: apresentou recuo de -76,5% se comparado ao mesmo período no ano anterior.
 As informações são da Assessoria do deputado Rúbem Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge