segunda-feira, 6 de maio de 2013

Roseana Sarney é acusada por ato de improbidade administrativa e crimes licitatórios


deputado-rubens-junior-do-pc-do-b-73289
Crimes licitatórios são encontrados na prestação de contas do governo Roseana
O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Rubens Jr. (PC do B), entrou  (sexta-feira, 3) com uma representação contra a governadora Roseana Sarney (PMDB) junto ao Ministério Público Federal, solicitando que o órgão apure e denuncie a governadora por ato de improbidade administrativa e crimes licitatórios.
Rubens observou uma série de irregularidades na execução da verba de R$ 288 milhões, fruto de um contrato de empréstimo entre governo e BNDES. “No início do ano solicitei informações ao governo sobre os empréstimos contraídos. Recebi os documentos referentes ao plano de trabalho e foram constatadas diversas irregularidades que caracterizam ato de improbidade administrativa”, confirmou o deputado.
Dentre as irregularidades presentes na própria prestação de contas do governo com o banco, há, por exemplo, o pagamento de várias obras com uma única nota fiscal; inclusão indevida da obra de ampliação e reforma do hospital Pan Cidade Operária e incompatibilidade entre os pagamentos oferecidos pelo estado. Além disso, consta no relatório enviado pelo governo ao BNDES que um trecho de 50 km da MA-020 foi concluído, mas a estrada que liga Coroatá a Vargem Grande tem apenas 20 km do trecho pronto para ser utilizado.
No documento assinado por Rubens Jr. constam provas que asseguram o cometimento do ilícito de improbidade administrativa por parte do governo estadual. “Protocolamos a representação e agora esperamos que o Ministério Público apure com rigor as irregularidades encontradas da prestação de contas”, concluiu Rubens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge