quinta-feira, 13 de junho de 2013

Morto é furtado por funcionários de funerária





Os funcionários de uma funerária foram flagrados em uma ação suspeita e acusados de furtar a aliança de um empresário morto, na região de Ribeirão Preto, interior do Estado de São Paulo.
O corpo do homem, de 41 anos, aguardava liberação no IML (Instituto de Medicinal Legal), quando as câmeras de segurança registraram a entrada de dois agentes funcionários. No momento que eles levavam um segundo corpo para a sala, eles notaram que o empresário tinha objetos de valor e começaram a revistar os bolsos dele.
Eles foram ouvidos pela polícia, negaram a tentativa de furto e vão responder em liberdade. Já os responsáveis pelo local devem prestar depoimentos nos próximos dias.
Quando o corpo foi liberado, a viúva notou que o marido estava sem a aliança de casamento. Ela acionou, então, a polícia, que investiga o caso.
DO R7, COM EDIÇÃO DO GI PORTAL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge