quinta-feira, 20 de junho de 2013

Três cidades maranhenses realizam protestos nesta quinta-feira (20)


Um dia após manifestantes saírem às ruas de São Luís, mais três cidades do Estado ganharão novas passeatas nesta quinta-feira (20): Bacabal, Imperatriz e São José de Ribamar. Assim como na capital e no restante do país, o movimento foi organizado por redes sociais.
Na segunda maior cidade maranhense, Imperatriz, a manifestação iniciou às 16h, na Praça de Fátima, centro da cidade. Segundo os organizadores da passeata, entre as reivindicações estão melhorias na qualidade do transporte público, educação, saúde, segurança, contra a corrupção e a aprovação da chamada PEC 37, que retira do Ministério Público o poder de investigação criminal, deixando-o privativamente às polícias Federal e Civil.
manifestacao_ribamar_2
Em Ribamar, manifestante reclama de condições do transporte coletivo (Foto: Ribamais/Divulgação)
Em Bacabal, a 240 quilômetros de São Luís, a concentração aconteceu na Praça Silva Neto. Segundo seus organizadores, o movimento será apartidário e não será permitida a presença de políticos ou de bandeiras de partidos. A manifestação passará pelas principais ruas da cidade, como a Barão de Capanema, Manoel Alves de Abreu, Barão do Rio Branco e Catulo da Paixão Cearense. Durante o percurso a manifestação passará por órgãos públicos como a Câmara Municipal, Prefeitura, Promotoria de Pública e Fórum de Justiça.
De acordo com o tenente-coronel Egídio Amaral, comandante do 15° BPM, a Polícia Militar já foi informada do percurso e acompanhará toda a movimentação.
Já em São José de Ribamar, município da Região Metropolitana de São Luís, a principal reivindicação é sobre mobilidade urbana. Nas redes sociais, os manifestantes defendem nova licitação para linha de ônibus, novas alternativas de percurso, e abrangência da linha de ônibus de Ribamar para outros terminais de Integração.
blitz_ma_201
Blitz foi montada na MA-201, para ajudar na passeata (Foto: Ribamais/Divulgação)
A concentração acontecerá em frente ao Farol da Educação, na Av. Getúlio Vargas. Devido à manifestação, algumas empresas, principalmente as localizadas no Centro da cidade, já anunciaram que vão encerrar o expediente antes das 17h. A Polícia Militar também vai acompanhar a manifestação. No principal acesso da cidade, a MA-201, foi montada uma blitz. Também fazem parte do aparto de segurança viaturas do Corpo de Bombeiros e Samu.
De acordo com o Major Jorge Araújo, comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, o efetivo que será utilizado no evento contará com 90 homens para realizar a segurança de um público estimado entre mil e dois mil manifestantes
G1 Ma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge