quarta-feira, 17 de julho de 2013

Adolescente morre com tiro acidental na cabeça

             vitima baleada por engano
Adriano da Silva Moreira, de 17 anos, morreu por volta das 19h desta segunda-feira (14) após levar um tiro acidental na nuca. O caso ocorreu na Rua João Silva Bairro, Vila Davi II, em Imperatriz.
Segundo informações da polícia, a vítima estava junto com um amigo na sala de uma residência. O outro jovem, de iniciais H.A, de 17 anos, quis mostrar a arma para vítima, e acabou atirando acidentalmente em Adriano.
O adolescente que foi mostrar a arma é filho de um policial militar aposentado. Ele ficou em desespero ao ver o amigo sem vida ficou e foi amparado por vizinhos. A perícia esteve no local fazendo os primeiros levantamento sobre o caso.
G1 PORTAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge