terça-feira, 9 de julho de 2013

Sarney e seu Balaio de Gato: Ou Camaleão!!

                                      
Sarney é o maior camaleão da história política brasileira. Atravessou da extrema direita mecanizada(Arena-PFL) à esquerda festiva(PMDB-PT) com discurso próprio para cada coloração partidária.

Ungido pelos militares ao governo, Sarney traiu os milicos sem pudor, abrigando-se na chapa de Vice-Presidente da República para assumir a Presidência com a morte de Tancredo Neves. Foi o destino?

Uniu-se a Fernando Collor enquanto prestigiado na Presidência, mas não exitou fazer da filha musa do impeachment que apeou Collor da Presidência da República. "Cavalo não desce escadas" foi a regra?

Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso tiveram o mesmo destino como regra( paparico no poder, distância fora). Sarney "mata de faca, no fígado"(de perto) sem barulho, depois vai ao enterro com flores.

Lula/Dilma são as mais novas vítimas do "rabo de chicote do camaleão". Com a queda de Dilma nas pesquisas, Roseana não compareceu a última reunião dos governadores com a Presidente da República.

Sarney quer fechar o jogo da sucessão presidencial no estado com "camburão de sena"(em todas as pontas), distanciando Roseana gradativamente- ao longo do resto do mandato de Dilma, aproximando-a Aécio. 

Para fechar todas as pontas políticas com a família ou afins, Zequinha Sarney como sempre serve de arroz(só acompanha), vai para a "Rede" de Marina. Roberto Rocha pau-mandado de Sarney fecha o campo com Eduardo Campos.

É o jogo. O camaleão bate o rabo, a gata pula. Dá a resposta com Dino para ele Dilma. É nessa pulada que o camaleão vai se ferrar. Dilma não tem que esperar mais nada do camaleão. Pula "pra riba" de Dino Dilma. Prestigie o moço dona Dilma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge