sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Homem é preso suspeito de estuprar a sobrinha de 13 anos em Bacabal

                                   
Mais um caso de abuso sexual de adolescente foi registrado no município de Bacabal. Wemerson Mendonça Pereira, de 21 anos, foi preso nesta quinta-feira (03/10), suspeito de abusar sexualmente da sobrinha de 13 anos. Ele foi detido às 19h30, no momento em que chegava a sua residência na Vila São João. O crime foi denunciado à polícia pelos pais da vítima.
 Este é o segundo caso de estupro de adolescente registrado em dois dias no município de Bacabal. Na última quarta-feira (09/10), outro homem foi preso, suspeito de abusar sexualmente das três filhas.

De acordo com o delegado regional Carlos Alessandro, titular do Distrito Regional, por volta das 18h de quinta-feira, os pais da adolescente procuraram a polícia e fizeram a denúncia. "Segundo eles, a jovem contou chorando que Wemerson teria abusado sexualmente dela", detalhou o delegado.

Diante das informações, equipes policiais realizaram buscas a fim de localizar Wemerson Pereira. Após receber voz de prisão, ele foi conduzido para a Delegacia Regional, onde foi ouvido pelo delegado Carlos Alessandro.

Em depoimento, o suspeito admitiu ter cometido abusos, mas alegou que não houve conjunção carnal. O delegado regional solicitou os exames para comprovar as informações dadas pelo suspeito.

De acordo com a polícia, mesmo que não tenha sido consumado o ato sexual, o crime já configura estupro. Na Delegacia Regional, Wemerson Pereira foi autuado por estupro de vulnerável.

Pai estupra as três filhas e engravida uma delas

Na última quarta-feira (02/10), Flávio Correa Pinheiro, de 40 anos, foi preso, suspeito de ter abusado de suas duas filhas biológicas, uma de 14e e outra de 16 anos, e ainda de uma filha adotiva, de 17 anos.

A polícia investiga ainda se o suspeito teria um filho-neto com uma das meninas. A Polícia ainda procura a filha mais velha, que teria ido embora inconformada com os abusos cometidos pelo próprio pai.

De acordo com informações policiais, os abusos eram cometidos na residência da família. No local, 

(doG1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge