quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Sampaio bate o Rio Branco e garante permanência na Série C do Brasileiro

   Com a ascensão para a vice-liderança do grupo A, Tricolor maranhense vai em  busca da classificação para as quartas de final da competição
   Sampaio x Rio Branco-AC (Foto: Paulo de Tarso Jr./Imirante)
Poderia ter sido de goleada, mas não foi. Com o placar magro de 2 a 1, o Sampaio Corrêa venceu o já rebaixado Rio Branco-AC nesta quarta-feira, no Estádio Castelão, em São Luís, e garantiu a permanência na Série C nos braços da torcida.
Com o resultado, além de afastar de vez a possibilidade de rebaixamento, o Tricolor agora se vê em boa situação, na vice-liderança do G-4, com 32 pontos. O Sampaio agora depende só de si para ir ao mata-mata da competição na próxima rodada.
O placar magro diante do Estrelão não traduz o que foi a partida. Fechado, o time acriano sofreu um verdadeiro bombardeio desde os primeiros minutos. Ao final do jogo, o técnico Flávio Araújo, mesmo aliviado, demonstrou certa preocupação.
- Deixamos de aproveitar muitas jogadas. Quando a gente vê nosso time ter 25 oportunidades e fazer só um gol e o adversário fazer um gol num lance bisonho nosso, é difícil, mas vamos sair desse jogo fortalecidos - disse o técnico.
Pelo lado do Rio Branco, o técnico Tangará exaltou a força da equipe, que lutou até o fim pela vitória.
- Jogamos bem mesmo com as dificuldades. São quatro meses de salários atrasados. Agora é levantar a cabeça e reestruturar o Rio Branco para o próximo ano - declarou.
O próximo jogo do Sampaio é neste domingo, contra o Fortaleza, no Estádio Castelão, na capital cearense. O Leão está no 3º lugar, com 31 pontos. Em 4º está o Luverdense, que joga contra o Águia de Marabá - 5º lugar, também com 31 pontos.
O jogo
Aos 8 minutos do primeiro, Leandro Kível recebeu livre na área e chutou forte buscando ângulo superior direito do goleiro Douglas. Aos 22, o Estrelão mostrou que não estava morto e respondeu. Ismael achou Jordão na área tricolor, que saiu de cara para o gol. Rodrigo Ramos saiu e abafou a jogada.

Logo depois, aos 25, Leandro Kível recebeu falta na área e o árbitro Antonio Santos Nunes marcou penalidade máxima. O atacante tricolor cobrou, mas tentou bater colocado no lado direito viu o goleiro Douglas acertar o canto e defender o pênalti.
Sete minutos depois, aos 32, o bombardeio tricolor finalmente virou gol. Lucas recebeu falta na área e novo pênalti foi assinalado em favor do Sampaio. Eloir cobrou seguro, alto, no canto esquerdo do gol de Douglas, que pulou no lado contrário. A torcida tricolor explodiu no Castelão.
Aos 44, Arlindo Maracanã ainda teve gol marcado em cobrança de falta anulado. Juiz já tinha marcado falta de Paulo Sérgio em Paulinho na área.
No segundo tempo, o Sampaio continuou dominando. Logo aos 3 minutos, o goleiro Douglas operou um verdadeiro milagre. Eloir roubou a bola pelo lado direito e encontrou para Lucas na área. Ele cabeceou para baixo, no canto direito, mas viu o arqueiro espalmar para fora.
Leandro Kível encontrou a redenção do pênalti perdido aos 20 minutos. Em saída errada de bola do Rio Branco, Lucas recebeu avançou, pedalou e tocou para Leandro Kível. O atacante foi para o mano a mano com o goleiro Douglas, driblou e tocou para gol. Marquinhos ainda tentou evitar, mas não alcançou a bola, que morreu na rede do Estrelão.
O Estrelão ainda diminuiu no fim do jogo. Germano e Johíldo bateram cabeça na zaga tricolor e a bola acabou sobrando para Ismael. O jogador encontrou Neto livre, que bateu sozinho, na saída do goleiro de Rodrigo Ramos, marcando o gol de honra dos visitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge