terça-feira, 1 de abril de 2014

Roseana Sarney Perde a cabeça e manda prender Coronel Francisco Melo

              
                         
        Coronel Francisco Melo está preso no Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão

Apontado como um dos líderes do movimento grevista da Polícia Militar do Maranhão, o coronel Francisco Melo foi preso na manhã desta terça-feira (1º), logo após um protesto de PMs realizado em frente à Câmara de Vereadores de São Luís, o que impediu a realização de sessão plenária na Casa Legislativa.

Coronel Melo foi detido pelo chefe de Missões Especiais da Polícia Militar, o também coronel Ivaldo Barbosa, que teve o apoio da Tropa de Choque. Após a prisão, efetuada próximo ao Terminal da Praia Grande, Melo foi conduzido para o Comando Geral da corporação, situada no Calhau.

Apesar da "baixa" de um oficial de alta patente, que soa como uma espécie de "aviso aos grevistas" emitido pela alta cúpula do Executivo estadual, os PMs continuam firmes em seu movimento paredista. Um grupo considerável de policiais está aquartelado no estacionamento da Câmara Municipal, cujas entradas foram fechadas.

Os policiais grevistas, logo cedo, já haviam feito um protesto na Avenida Beira-Mar, causando um enorme congestionamento de veículos no local.

Os militares reclamam do reajuste de apenas 7% concedido pela governadora Roseana Sarney (PMDB), já que o valor não cobre as perdas salariais ocorridas em detrimento da inflação, não significando, portanto, aumento real nos vencimentos da categoria.

Os policiais exigem ainda implantação de reajuste de 18% e das perdas salariais, além de mudanças nos critérios de promoção, jornada de trabalho, adicional de periculosidade da atividade policial, entre outras reivindicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge