segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Acredite se quizer: Em Lago da Pedra vai ter 2º turno para eleição da mesa diretora da câmara de vereadores

                                Blog do Walney Batista
                   
                                        Vereadores do bloco de oposição
                             
                                O vereador,trabalhador rural,Moisés do Lago Preto,quando foi eleito

Inconformada,não aceitando a derrota,a presidente da Câmara de Vereadores de Lago da Pedra,Lorena Coelho entrou na justiça para anular a eleição que aconteceu  no dia 24 de Outubro,onde o seu adversário,o vereador Moisés do Lago Preto,candidato da oposição,foi eleito com 7 votos,para o biênio 2015-2016.A justiça acatou o pedido,na sexta-feira (19),através de liminar,anulou a eleição.A presidente conseguiu levar a eleição para uma espécie de ( 2º turno ).A oposição ainda pode recorrer da decisão. 

Lorena alega irregularidades,quando segundo ela,a eleição que foi presidida pelo 2° vice-presidente,vereador Julyfran Catingueiro,sem a presença dos vereadores da base do governo entre eles a presidente,estava suspensa.

Vamos aos fatos.

Na quinta-feira,dia 23 de Outubro,em Sessão Ordinária,a presidente Lorena Coelho,pegou o bloco de oposição de surpresa ao anuncia,em ofício,a eleição da câmara,convocando  para o dia seguinte,sexta-feira,dia 24.

Tudo estava orquestrado para a reeleição da atual presidente,por isso, a pressa,para não dar tempo da oposição se articular.Foi um tiro no pé.A decisão foi uma vitamina para oposição.Logo na noite de quinta-feira,a oposição de Lago da Pedra que até então estava dividida,se uniu em torno de uma candidatura,as conversas que se iniciaram à noite entraram pela madrugada.Entraram em ação o ex-prefeito Luís Osmani e o ex-deputado Mauro Jorge,além de várias outras lideranças políticas entre elas os ex-vereadores Geraldo Catingueiro e Kinha e o ex-candidato a prefeito,Rodrigo Neto.Logo,a oposição que até então tinha a minoria,seis dos 13 vereadores,ganhou dois reforços,os vereadores Julyfran Catingueiro e Wanessa que não concordavam em votar em Lorena.Assim,a oposição passava a ter a maioria na casa,a reeleição de Lorena estava indo para o espaço.

Na manhã do dia seguinte,dia da eleição,a situação logo soube da articulação da oposição e já corria os comentários que a eleição estava suspensa,foi onde aconteceu um tumulto,tentaram fechar a câmara e a oposição não deixou.Na tarde,hora marcada para a eleição,apareceu os setes vereadores da oposição,os cinco da situação e mais a presidente,não compareceram.Com a presença de assessores jurídicos,e com a galeria lotada,o 2º vice-presidente,Julyfran Catingueiro,deu início aos trabalhos com a votação em que Moisés do Lago Preto foi eleito.

Agora,a eleição anulada,vai para o que está sendo considerado 2° turno.A oposição mostra está afinadíssima,sem o menor sinal de divão ou que haverá um judas entre eles.Está claro que a base do governo irá amargar a segunda derrota,já que sete ganha de seis,mesmo assim,estão tentando fazer o impossível para preencher expectativas equivocadas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge