sábado, 20 de dezembro de 2014

'O povo espera muita coisa, e eu posso garantir que não vamos decepcionar'

                                
Após a diplomação realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, Flávio Dino diz trabalho começa a partir do dia primeiro de janeiro
Ontem, durante a diplomação dos eleitos em 2014, Flávio Dino (PCdoB), governador eleito do Maranhão, anunciou que irá tomar medidas revolucionárias a partir do primeiro dia do próximo ano. De acordo comele, essas medidas servirão de base para o cumprimento de seu programa de governo.

Dino afirmou que as medidas coletivas serão direcionadas em todas as áreas de seu governo. “Vamos anunciar o primeiro ato somente no dia primeiro de janeiro. É um conjunto de medidas em todas as áreas. Haverá uma medida sobre Educação, sobre Saúde, sobre Segurança, na direção do cumprimento do nosso programa de governo”, afirmou.

Sobre o trabalho com o secretariado, Flávio Dino afirmou que todos estão trabalhando intensamente, desde o seu anúncio. “Os secretários nunca tiveram recesso, assim como eu não tive desde a nossa vitória e a indicação de secretários eu tenho feito reuniões individuais e com a equipe inteira, estabelecendo metas e cobrando”, revelou.

O governador eleito negou que pudesse ter algum recesso após a posse e ressaltou que o trabalho continuará após o primeiro dia do ano. “Vamos ter apenas o dia de Natal e a virada do dia 31 de dezembro, mas dia primeiro será de muito trabalho, porque o povo do Maranhão espera muita coisa, tem pressa e eu posso garantir que não vamos decepcionar a esperança do maranhense”, disse.

Quem também anunciou medidas urgentes foi o senador eleito Roberto Rocha (PSB). Rocha declarou que pediu auxílio dos representantes maranhenses no Congresso e do senador Epitácio Cafeteira para viabilizar um projeto para a capital São Luís. “Já conseguimos com os atuais representantes do Maranhão no Congresso, recursos para a partir de 2015 começar a ajudar nossa capital. Prova disso é uma emenda que conseguimos com o senador Cafeteira para fazer um grande empreendimento que a cidade precisa, que é o shopping da cidade para abrigar todos os camelôs de São Luís e assim revitalizar o Centro Histórico”, disse.

A despeito do seu papel no Senado Federal, assim como na campanha, Roberto Rocha garantiu que a população tomará conhecimento do papel de um senador da República. “O Maranhão vai saber para que serve um senador da República, nosso esforço é exatamente fazer com que haja a compreensão da população para que serve um senador da República, que não serve para barrar os interesses da população”, disse.

Passagem


O governador Arnaldo Melo (PMDB) afirmou que fará a passagem de faixa, gesto que ele considera simbólico, com grande prazer. “A passagem de faixa é um gesto do governador que está saindo para o que está chegando, eu recebo isso com muita naturalidade. Terei muito prazer em passar a faixa ao governador eleito, cumprindo essa rotina que a etiqueta manda”, disse.

Arnaldo Melo disse também que mantém uma relação de amizade com Flávio Dino, desde a época que ele era magistrado. “Eu sempre tive uma relação muito amistosa com o Dr Flávio Dino, na época em que era magistrado, e agora governador eleito, sempre tive boa relação e com ele continuará assim. A equipe também estamos conversando em tudo que eles precisam”, informou.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge