sexta-feira, 4 de setembro de 2015

‘Foi o jeito eu apelar para o grito’, diz ladrão dominado por lutadora

                                    Do Jornal Pequeno
                           

O homem que aparece em um vídeo imobilizado por uma lutadora de jiu-jítsu e de artes marciais mistas na cidade de Açailândia (MA), na quarta-feira (2), implorando por socorro, foi preso e autuado em flagrante por roubo. O vídeo teve grande repercussão na imprensa nacional e obteve mais de um milhão de visualizações.

Atrás das grades, Israel Sousa Araújo confessou que sua reação foi resultado do medo da morte. Ele foi imobilizado por um golpe de jiu-jítsu conhecido como ‘triângulo’, aplicado pela lutadora Monique Bastos. Sem conseguir escapar da lutadora e estando cercado por populares, Israel diz que a solução foi pedir por socorro. “Aí foi o jeito eu apelar pro grito (sic)”.

O vídeo mostra os momentos de aflição e agonia vividos por Israel, que se deu mal ao tentar assaltar uma lutadora de jiu-jítsu e de artes marciais mistas.

A gravação foi parar nas redes sociais e mostra o ladrão pedindo por ajuda: “Chama a polícia, chama a polícia. Socorro!”.

Em outro trecho, chorava e dizia que era a primeira vez no mundo do crime. “Socorro, Jesus! Foi a primeira vez que eu fiz isso, senhor. Foi a primeira vez que eu fiz isso”, dizia.  O ladrão continua preso na 9ª Delegacia Regional de Açailândia.




Monique contou ao G1 que a sua preocupação no momento em que imobilizou o ladrão era conseguir ter o celular roubado de volta e entregar o homem à polícia. “Eu só estava me defendendo, em nenhum momento quis agredi-lo e deixar com que as pessoas fizessem alguma coisa com ele porque não era necessário nenhuma agressão. Eu queria o meu celular de volta e que a polícia chegasse logo para resolver aquela situação”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge