quarta-feira, 25 de maio de 2016

Em gravação, Sarney promete ajudar investigado na Lava Jato a evitar Sérgio Moro

            Maranhão da Gente
    jose-sarney_0
O jornal Folha de São Paulo divulgou na tarde desta quarta-feira (25), reportagem veiculando o conteúdo de uma das conversas que o ex-presidente José Sarney teve com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, investigado na Operação Lava Jato acusado de esquema de corrupção durante o período em que comandou a petroleira que é braço logístico da Petrobras.

Segundo a Folha, o ex-presidente Sarney teria prometido que ajudaria Machado a evitar que seu caso fosse transferido para a vara do juiz Sérgio Moro em Curitiba (PR), mas isso, de acordo com a reportagem, “sem meter advogado”, teria dito Sarney.

Machado, que fechou acordo de delação premiada com o Supremo Tribunal Federal na terça-feira (24), gravou conversas entre ele e Sarney em março de 2016 para produzir provas a seu favor na investigação da Lava Jato.

De acordo com a reportagem da Folha de São Paulo, em um dos diálogos, Sarney teria manifestado preocupação com uma possível delação de Machado já naquele período.

A reportagem destacou ainda, que Machado teria respondido que havia insinuações de uma delação, provavelmente da PGR, e Sarney teria explicado a estratégia: “Mas nós temos é que conseguir isso [o pleito de Machado]. Sem meter advogado no meio”.

Machado concordou que “advogado é perigoso”, e Sarney teria respondido três vezes: “sem meter advogado”.

Nas conversas, segundo a Folha, o ex-presidente Sarney teria deixado claro que concordava com a iniciativa de impedir que o caso de Machado chegasse ao juiz Sérgio Moro.

Aquele negócio é muito procedente. Não deixar você voltar pra lá [Curitiba], disse Sarney.

Acesse o link e leia a reportagem completa da Folha de São Paulo

Temer fez acordo com procuradores da Lava Jato

CONFIRA NO NP
Temer fez acordo com procuradores da Lava Jato
Antes da votação no senado que selaria o afastamento da presidenta Dilma Rousseff, o então vice-presidente Michel Temer enviou um emissário para falar com Dallagnol e Pozzobon.

Na Folha:

Emissário de Temer encontrou Lava Jato para falar da operação

Um emissário do presidente interino Michel Temer (PMDB) e representantes da força-tarefa da Operação Lava Jato encontraram-se na véspera da sessão do Senado que selou o afastamento da petista Dilma Rousseff.

O encontro tratou de uma espécie de “acordo de procedimento” que não colocasse em risco as investigações.

A conversa foi entre o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), um dos assessores mais próximos de Temer, e os procuradores Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, e Roberson Pozzobon.

O diálogo, de quase duas horas de duração, ocorreu após um evento organizado pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República) em Brasília.

Anteriormente, os procuradores haviam recusado um encontro com o próprio Temer, articulado pelo ex-presidente da ANPR Alexandre Camanho, que é homem de confiança do peemedebista.

Temer, que mostrava preocupação com a disseminação da ideia de que seu governo enterraria a Lava Jato devido ao grande número de peemedebistas investigados, aprovou a sugestão.

A preocupação cresceu com a sondagem feita ao advogado Antonio Claudio Mariz de Oliveira, um crítico da Lava Jato, para ocupar o Ministério da Justiça. A nomeação de Mariz fracassou após ele dar uma entrevista à Folha atacando a operação.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Políticos do PSDB se calam após 4 senadores serem citados em gravação de Jucá

                     Image title
Os tucanos que se cuidem, pois uma gravação do ministro licenciado do Planejamento, Romero Jucá, acabou comprometende e muito 4 senadores do partido PSDB. A conversa foi entre Jucá e  Sérgio Machado, na qual foi divulgada hoje (23 )pela Folha/SP. [leia aqui…]

No tal conversa, Jucá sugere uma espécie de pacto para obstruir a operação Lava Jato e ainda diz: “Tem que resolver essa porra. Tem que mudar o governo para estancar essa sangria” , se referindo à Operação Lava-Jato. Quatro senadores do PSDB foram citados na na gravação de Jucá. Na conversa, ele e Machado sugerem que os senadores tucanos sabiam dos avanços da Lava-Jato contra eles.

Em certo momento, Machado pergunta se “já caiu a ficha” do PSDB de que as investigações chegariam a eles. Jucá diz que sim e cita diferentes senadores do partido. “Caiu. Todos eles. Aloysio [senador], José Serra [ministro do Temer], Aécio [senador]”, diz Jucá. Machado pergunta sobre um outro senador: “Caiu a ficha. Tasso [Jereissati] também caiu?” “Também. Todo mundo na bandeja para ser comido”, responde Jucá.

Nenhum dos quatro senadores se pronunciou [através da imprensa ou redes sociais] até o momento. Aécio neves foi citado seis vezes no diálogo entre Jucá e Machado. O senador também já foi citado por quatro delatores da Lava Jato. Até agora, o STF não abriu nenhum inquérito contra ele. Nenhum dos quatro SENADORES DO PSDB citados na gravação de Jucá é alvo direto da operação Lava Jato.

Fonte: Diário do Brasil

Prés-candidatos a prefeito de Lagoa Grande intesificam visitas nas comunidades e centro.

                                     Resultado de imagem para eleições 2016 calendario
Os pré-candidatos a prefeito de Lagoa Grande movimentaram a agenda política da cidade neste fim de semana. Os quatros  prés - candidatos juntamente com suas lideranças e correligionários andaram fazendo  visitas no interior e na cidade:
                                        
*Olavo Fonseca participou de Churrasco no povoado Lagoa do Coco
                                     https://3.bp.blogspot.com/-LhXnL9E5e4Q/V0MDs5gZb-I/AAAAAAADr-8/PKbrXVXQjRQdOGWG87J3E7FXKXd2h8jrwCLcB/s400/
*Simão do Posto  participou de evento esportivo  na sede entregando  medalhas e troféus

        *Ana Paula também fez visitas  na cidade

                                               https://fbcdn-photos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xaf1/v/t1.0-0/p206x206/
*O Grupo do prefeito Dr. Jorge realizou inauguração de sistema de abastecimento de agua no 
povoado Centro do Manoel Rufino, participaram do evento além do prefeito Dr. Jorge: o pré candidato a prefeito Chico Freitas, o Vice-prefeito Divar  Carlota entre outras lideranças.
                       DSCN7217

Imagens muito fortes mais de 20 presos mortos em rebeliões nos presídios do Ceará

                                     http://files.cozinhandoogalo-com.webnode.com/200001180-a2270a321e/
Uma verdadeira carnifecina no presidio do Ceará, O juiz corregedor dos presídios Cesar Belmino, informou na tarde desta segunda-feira (23) que o número de mortos nas rebeliões do Ceará pode chegar a 26. “É uma estimativa”, afirmou o juiz durante visita às unidades do Centro de Privação Provisória de Liberdade (CPPL), em Itaitinga, cidade da Região Metropolitana de Fortaleza.                                                                                                                                                                                                                                                                                                               No começo da tarde, a Secretaria de Justiça do Ceará divulgou que o número de mortos era de 14.,segundo o juiz, a situação na CPPL 2, por exemplo, estava sob controle à tarde. Mas o excesso de presos ainda é um problema. “Os centros têm praticamente o dobro de presos da capacidade”.
Os Centros de Privação Provisória de Liberdade de Itaitinga deveriam abrigar cerca de 3.700 presos. Três desses quatros CPPLs foram inaugurados há quatro anos. Em estimativa divulgada pelo Governo em dezembro de 2014, o Ceará tinha 21.320 presos na capital e no interior.
                                                                                                                                                                             Desde sábado (21), detentos estão rebelados. No fim de semana, presos invadiram alas e mataram outros detentos, além de quebrar celas, armários, grades, cadeiras e queimar colchões após a suspensão das visitas, segundo órgãos de segurança. Agentes penitenciários do estado entraram em greve no sábado, voltaram no fim do dia após negociação com o governo do estado, mas os detentos já estavam fora de controle. Familiares bloquearam a BR-116 por diversas vezes no domingo (22).

 Em nota, a Sejus informou que toma "todas as medidas necessárias para estabilizar a situação nos presídios". No domingo, o governador Camilo Santana solicitou o apoio da Força Nacional de Segurança para de garantir a estabilidade nos presídios, especialmente durante a recuperação das instalações, que foram destruídas por conta das rebeliões.
                                                                                                                                                                              A Secretaria da Justiça ressaltou que o Departamento de Arquitetura e Engenharia avalia os danos nos presídios durante as rebeliões. De acordo com o órgão, nesta segunda serão iniciados os reparos em uma das unidades prisionais danificadas.
                                                                                                                                                                          Mesmo com os conflitos, não houve interrupção no fornecimento de água nem comida, conforme informou a pasta. Assistentes sociais também foram enviados para as entradas dos complexos prisionais para oferecer apoio aos familiares dos presidiários, que seguem em busca de informações sobre os parentes.
Túnel
                                                                                                                                                                             Na manhã desta segunda, um túnel foi encontrado na Unidade Prisional CPPL I, em Itaitinga, e o Batalhão de Choque confirmou a fuga de detentos durante a madrugada. Nesta manhã, é feito um levantamento para contar quantos detentos fugiram.
                                                                                                                                                                            A Sejus, porém, não confirmou a fuga. A pasta comunicou que não foi registrado nenhum novo conflito entre os presos nesta segunda-feira.
Entenda a situação nos presídios
                                                                                                                                                                            As rebeliões registradas nos presídios cearenses durante o fim de semana ocorreram durante e após a greve dos agentes penitenciários. A motivação dos conflitos foi a suspensão das visitas nas unidades prisionais. De acordo com a Polícia Militar, os detentos quebraram cadeiras, grades, armários e queimaram colchões em
                    http://files.cozinhandoogalo-com.webnode.com/200001181-80adb81a9f/
                      http://files.cozinhandoogalo-com.webnode.com/200001182-79c2a7abad/
                http://files.cozinhandoogalo-com.webnode.com/200001184-b0b9db1b3e/
                    http://files.cozinhandoogalo-com.webnode.com/200001189-1f64b215ac/

                                  (Fonte A3PB)

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Ex-deputado estadual sofre acidente de carro na MA 209.no MA


13262251_986525154776030_1213481885_o

O ex-deputado estadual e atual secretário municipal de articulação política da prefeitura de São Luís, Hélio Soares sofreu um acidente de carro na tarde deste domingo (22) próximo a cidade de Turiaçu, na MA 209. As primeiras informações apontam que ele foi atendido no hospital de Santa Helena e encaminhado para Pinheiro para exames complementares.

A  policia está investigando a causa do acidente,

13262358_986525168109362_392095935_o
 (Informações: Maranhão de Verdade)

Em gravação, ministro do Planejamento Romero Jucá combina derrubar Dilma para parar a Lava Jato

                                   https://3.bp.blogspot.com/-KHeRvQ3Be7s/V0LKm_w5ArI/AAAAAAAAYZI/bnyIHF8OIZI6qfVNHF09rurlU9Z7otUiACLcB/s280/
Em diálogos gravados, Jucá fala em pacto para deter avanço da Lava Jato: Delcidio foi preso por uma gravação que, segundo a PF e STF, ele queria  interferir na Operação Lava Jato... Agora pergunta-se. Romero Juca vai para cadeia também?

Gravações mostram que Jucá articulou impeachment para parar Lava Jato

Ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado:- Tem que ter um impeachment.

Romero JUCÁ - Tem que ter impeachment. Não tem saída.

Em conversas ocorridas em março passado, o ministro do Planejamento, senador licenciado Romero Jucá (PMDB-RR), sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma "mudança" no governo federal resultaria em um pacto para "estancar a sangria" representada pela Operação Lava Jato, que investiga ambos.

JUCÁ - [Em voz baixa] Conversei ontem com alguns ministros do Supremo. Os caras dizem 'ó, só tem condições de [inaudível] sem ela [Dilma]. Enquanto ela estiver ali, a imprensa, os caras querem tirar ela, essa porra não vai parar nunca'. Entendeu? Então... Estou conversando com os generais, comandantes militares. Está tudo tranquilo, os caras dizem que vão garantir. Estão monitorando o MST, não sei o quê, para não perturbar.

MACHADO - Eu acho o seguinte, a saída [para Dilma] é ou licença ou renúncia. A licença é mais suave. O Michel forma um governo de união nacional, faz um grande acordo(...) Esse país volta à calma, ninguém aguenta mais. Essa cagada desses procuradores de São Paulo ajudou muito. [referência possível ao pedido de prisão de Lula pelo Ministério Público de SP e à condução coercitiva ele para depor no caso da Lava jato]
Gravados de forma oculta, os diálogos entre Machado e Jucá ocorreram semanas antes da votação na Câmara que desencadeou o impeachment da presidente Dilma Rousseff. As conversas somam 1h15min e estão em poder da PGR (Procuradoria-Geral da República).

Machado passou a procurar líderes do PMDB porque temia que as apurações contra ele fossem enviadas de Brasília, onde tramitam no STF (Supremo Tribunal Federal), para a vara do juiz Sergio Moro, em Curitiba (PR).

Confira a matéria completa

domingo, 22 de maio de 2016

Prefeito Dr. Jorge já entregou 8 Poços artesiano com Água encanada no Municipio de Lagoa Grande

      O Prefeito Dr. Jorge durante os 7 anos e 5 meses de seu mandato entregou 8 poços artesianos com sistema de agua instaladas nas residencias da zona rural de Lagoa Grande, “A previsão é que seja entregue ainda este ano um poço de 400 mts de profundidade na sede,a obra está em fase de  conclusão.

O ultimo poço com sistema de agua  foi entregue neste Domigo 22/05 no povoado Manoel Rufino
                                           
                       Confira   Imagens de sistema de agua já entregue no interior                
                                     
                                                                  Vila Kenio
                          http://1.bp.blogspot.com/-moAk8o0D1A4/T8TVGYJG9kI/AAAAAAAAB08/lorolbWjems/s400/
                                              Vila   Joselandia PA Cigra
                          http://4.bp.blogspot.com/-wz5XQhnAQXo/UFfG7-8XauI/AAAAAAAAAzg/BSbJfy5udAE/s400/
                                                  Baixão dos Caboclos  
                     CAM00037.jpg
                       CAM00041.jpg
                                                        Bom Jesus
                       http://2.bp.blogspot.com/-4gudZtEYPCM/UP03n75_nJI/AAAAAAAACPk/AmYphz867wQ/s400/
                                                         Sumauma
                        http://3.bp.blogspot.com/-FV97ulLJKsw/UEK1n9CvOpI/AAAAAAAAAno/pwP3RQWAV2M/s1600/
                        http://1.bp.blogspot.com/-7M-2yjbZoEE/UEK0Pv4-PGI/AAAAAAAAAnc/dAL4LeFU3qY/s400/
                        http://blogdofernandoramos.com/wp-content/uploads/2015/12/
                                                       Centro do Furtunato
                               IMG-20150910-WA0054                 
                                  IMG-20150910-WA0052       
                                                                          Manoel Rufino
                                  DSCN7241
                                                                 Lagoa do SindoII
                                  DSCN1247


                                                       

sábado, 21 de maio de 2016

Obras da MA 245 deve ser retomada no inicio do mes de junho de 2016

                 zzz 66

As obras da Ma -245 no trecho de 65 km que liga as cidades de Lagoa Grande a Lago da Pedra.que estavam paradas devido o periodo chuvoso,vão retomar os trabalhos.
Nesta sexta-feira (20), maquinas já começaram a chegar para que nos próximos dias dê prosseguimento à obra de pavimentação da Rodovia.

A empresa EDECONSIL Construções e Locações Ltda, é responsável pelas obras de construção e pavimentação das rodovias estaduais (MA) 334 (Riachão-Feira Nova); 245 (Lagoa Grande/ Lago da Pedra); 329 (Itaipava do Grajaú/Entr.BR 226); 272 (Barra do Corda/ Fernando Falcão); 138 (São Pedro dos Crentes/Fortaleza dos Nogueiras). O prazo de execução das obras é de 24 meses, e vai faturar o valor de R$ 256.965.762,75 (duzentos e cinquenta e seis milhões, novecentos e sessenta e cinco mil, setecentos e sessenta e dois reais e setenta e cinco centavos). Empréstimo financiado pelo BNDS no governo de Roseana Sarney.


http://1.bp.blogspot.com/-dxz_YB-CjQA/VWwZ_ASkwGI/AAAAAAAAOxk/-bmGlGPl5L4/s400/

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Equipe do Mais IDH realiza reunião com Comitê Gestor do município de Lagoa Grande

                     DSCN7164
Uma equipe do Programa Mais IDH, representando o Governo do Maranhão, esteve na manhã de hoje (20), realizando uma apresentação das ações que o Governo do Maranhão já realizou no município de Lagoa Grande.

Foi uma reunião produtiva com o conselho do comitê gestor do Mais IDH do município de Lagoa Grande, que na oportunidade foi realizada uma fiscalização por parte dos integrantes da equipe do governo em obras que estão em andamento no munícipio; dentre essa obras são a construção do sistema universalizado de abastecimento de agua na sede, mais asfalto, e a apresentação de outros projetos.

Membros do comitê gestor do município de Lagoa Grande, reivindicaram aceleração no andamento das obras, e que os outros projetos que serão implantando em Lagoa Grande, também sejam iniciados.
                DSCN7155
                                    Blog do Fernando Ramos

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Senador Roberto Rocha chama internauta de cara de peido

                                   WhatsApp-Image-20160518
O senador que votou a favor do golpe, Roberto Rocha perdeu a cabeça nas redes sociais nesta quarta-feira (18) com um internauta que fez comentários  sobre ele no Facebook. De forma infantil e sem qualquer educação o senador fez pior, respondeu no mesmo tom.

Em sua página no Facebook, Roberto publicou uma foto com o deputado Rubens Júnior, em que destaca a apresentação do projeto de lei que cria a Zona de Exportação do Maranhão, de sua autoria.

Em um comentário o internauta diz, “a cara de peido do senador vergonha do Maranhão”. Pior que esse comentário foi à resposta dada pelo senador da República que representa o Maranhão.

“Pela sua fisionomia dá para ver que você entende bem de peido, pois o efeito está na sua cara”, retrucou o parlamentar.

Mais canalha ainda foi sua atitude a seguir. Roberto Rocha apagou todas as mensagens, típico dos que não assumem as próprias às ações.

Entre gases e flatulências, não é por acaso que o menino Bob Rocha se intitula o líder da renovação e da juventude, haja vista a maneira como utiliza as redes sociais.

Engraçado que quando é chamado de corrupto, golpista e traidor o senador prefere o silêncio. Principalmente dos ataques de Zé Reinaldo.

Criticar até vai… Peidão, nunca!

E assim segue a vida política no Maranhão.
(Blog do Marrapá)

PT decide não apoiar candidatos a favor do impeachment nas eleições municipais

                                  http://imguol.com/c/noticias/2015/06/11/
O presidente do PT, Rui Falcão, afirmou que o partido não vai apoiar candidatos nas eleições municipais deste ano que tenham sido a favor do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A medida foi definida em reunião do partido em Brasília nesta terça-feira (17), em que estiveram presentes ex-ministros, deputados, senadores e outras lideranças.

Nem Dilma nem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva compareceram. Segundo Rui Falcão, o ex-presidente justificou a ausência dizendo que estava cansado.

"O PT não apoiará candidatas ou candidatos que votaram pelo impeachment e ou que apoiaram publicamente o impeachment", afirmou Falcão.

O presidente do partido não negou a possibilidade de coligações com partidos que foram a favor do afastamento, como o PMDB.

"A definição é de que nós vamos primeiro priorizar alianças com PCdoB e PDT. As outras nós vamos examinar caso a caso", afirmou. "Se alguém do PMDB quiser participar conosco numa chapa na eleição municipal, que não tenha apoiado o impeachment publicamente, e que adote programas que priorizem a área social, que faça orçamento participativo, que abra o debate, que tenha transparência, que não permita corrupção, não há nenhuma objeção."

O PT também votou na reunião uma resolução em que faz uma autocrítica.

"Nós preferimos apontar nossos erros e acertos, não estamos fazendo pedido de desculpas e não estamos funalizando avaliações. Erros e acertos nossos coletivos", disse o presidente do partido. "O documento aprovado tem pelo menos 13 pontos (...) em que nós fazemos uma avaliação crítica da nossa trajetória."

Em uma versão não definitiva, divulgada na manhã desta terça-feira, o documento diz que o governo Dilma cometeu "equívocos", como "relegar tarefas fundamentais como a reforma política, a reforma tributária progressiva e a democratização dos meios de comunicação".

A crítica é direcionada também ao sistema de alianças com partidos do centro, sem dar "a devida atenção" às siglas de esquerda.

O documento preliminar não cita o mensalão ou o esquema de corrupção na Petrobras, mas diz que foi "contaminado" pelo financiamento empresarial de campanha. "Terminamos envolvidos em práticas dos partidos políticos tradicionais, o que claramente afetou negativamente nossa imagem e abriu flancos para ataques de aparatos judiciais controlados pela direita", afirma no documento.
UOL

terça-feira, 17 de maio de 2016

Lagograndense é preso por matar a facadas a companheira em Minas Gerais

    prisaoeduardo_120516
A Polícia Militar da cidade de Araxá, Minas Gerais, prendeu Eduardo Nascimento Gomes, 33 anos, na madrugada desta quinta-feira (12). Ele matou sua companheira Maria Lúcia Marques, 34, a facadas no domingo de Dia das Mães (9), no bairro Leblon, e também desferiu golpes de faca contra a sua enteada de 14 anos durante um desentendimento.

A polícia chegou até Eduardo após receber denúncias anônimas informando sobre seu paradeiro em uma residência na Rua Piauí, no bairro Abolição, onde ele foi encontrado e preso.

Na cidade de Lagoa Grande, Eduardo era conhecido como “Neném Novo”, o mesmo residia no povoado Lagoa nova. Eduardo foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Fonte: Diário de Araxá

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Chico Freitas participa junto com Flavio Dino de Encontro Estadual do PCdoB em São Luís

                           IMG-20160514-WA0018
Na manhã deste sábado (14) aconteceu em São Luís, o Encontro Estadual do PCdoB com pré-candidatos e presidentes dos comitês municipais do Estado do Maranhão, o encontro foi no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa.

Na oportunidade, Chico Freitas esteve participando e disse ficar satisfeito com o posicionamento do Governador Flavio Dino em relação às eleições municipais de 2016 “Fico feliz em participar desse encontro, e mais satisfeito ainda por que o Governador Flavio Dino garantiu que vai participar ativamente da campanha de todos os candidatos do PCdoB”- Disse.

O evento contou com a presença de diversas lideranças estaduais, regionais e municipais, participando junto com Chico Freitas estava o Presidente do Iterma e Pré-Candidato Mauro Jorge.
                         IMG-20160514-WA0019
                         IMG-20160514-WA0017
                          IMG-20160514-WA0015
Blog do Fernando Ramos

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Lagoagrandense precisa de ajuda para fazer cirurgia no valor de 35 mil reais

                                   ELIONETE
A Lagoagrandense, Elionete Oliveira de Melo, 22 anos, contraiu um câncer de pele na face depois de uma espinha no rosto, a mesma é casada e tem uma filha e ela está em uma casa de apoio na cidade de Araguaína, o marido desempregado e ela precisando urgentemente de ajuda.

O estado da doença já está grave, ela precisa fazer com urgência uma cirurgia no valor de 35 mil reias, sem condições para bancar as despesas, a família da mesma está pedindo ajuda de qualquer valor, a conta para deposito é a do esposo de Elionete:

AGENCIA: 3927

OPERAÇÃO: 013

CONTA: 00048849-6

LAILSON DE MELO SILVA

CAIXA ECONOMICA FEDERAL

Quem quiser também doar alimentos, podem está deixando na residência de sua sogra localizada na cidade de Lagoa Grande, na Rua Kennedy Soares próximo ao ex-vereador Leopoldo, e ao senhor Zezão da Carroça.

A família espera poder arrecadar o valor suficiente para está realizando essa cirurgia de urgência, e nesse momento pela situação, a família também deseja trazer a mesma com a sua filha e o esposo para Lagoa Grande.

AJUDE, FAÇA SUA PARTE.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Homem é executado com quatro tiros em Lago da Pedra

                         https://3.bp.blogspot.com/-tNdaPLlGkY4/VzFFtwVrsvI/AAAAAAAArt0/C5PyBlk3228AHMVznrnxxx9pu3zUAtNBwCLcB/s400/
Na tarde desta segunda-feira (9),um homem foi encontrado morto em uma chácara,no bairro Serra Dourada,em Lago da Pedra.Antonio Francisco de Lima Sousa,conhecido como ´´Redondo``,de 41 anos,foi morto com quatro tiros.O autor ou autores não foram identificados.

Após ser acionada,a polícia foi até o local e encaminhou o corpo para o hospital Professor Serra de Castro.

Próximo ao corpo foi encontrado uma moto modelo XLR,possivelmente da vítima.

Antônio era suspeito de ter matado um vizinho,há menos de um mês, no povoado Cajazeiras,na zona rural de Lago do Junco.
                              https://1.bp.blogspot.com/-3cDCQiPMuzo/VzFF4dxP9qI/AAAAAAAArt4/i93xn1x4D48lvk-5JAJ8CN-oDBNeRHeOwCLcB/s320/
                                    https://3.bp.blogspot.com/-sEw8tEj4UBI/VzFF_Eabu6I/AAAAAAAAruA/_NiTP-_IpnE4J7OMhfzOhQu_sCv7Xv6UgCLcB/s320/
                                                do Blog do Walney Batista

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Presidente da Câmara Waldir Maranhão anula tramitação do impeachment

Deputado Waldir Maranhão (PP-MA), presidente interino da Câmara, que decidiu anular o processo do impeachment
O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), assinou uma decisão nesta segunda-feira (9) para anular a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Casa.

Em seu despacho que será publicado na edição do Diário da Câmara desta terça (10), o deputado derruba as sessões do plenário que trataram do processo na Casa entre os dias 15 e 17 de abril e determina que o processo, que está no Senado, volte à Câmara. Maranhão determina que a Casa terá cinco sessões para refazer a votação no plenário.

Na última sexta (6), Maranhão afirmou em encontro com parlamentares, segundo o jornal "O Estado de S. Paulo": "Vocês vão se surpreender comigo".

O deputado Fernando Francischini (SD-PR) já anunciou que prepara recurso ao STF (Supremo Tribunal Federal) para derrubar a medida.

O impeachment já avançou ao Senado, tendo relatório aprovado por comissão especial, e a votação é prevista para quarta-feira (11), quando os senadores decidirão sobre o afastamento por 180 dias de Dilma. Não está certo se esse calendário será mantido.

O principal argumento para invalidar a sessão é que os partidos não poderiam ter fechado questão ou dado orientação em relação ao voto dos parlamentares, uma vez que, segundo o presidente interino, "os parlamentares deveriam votar de acordo com suas convicções pessoais e livremente". O pepista também diz que o fato de os deputados terem anunciado publicamente seus votos caracteriza pré-julgamento e clara ofensa ao amplo direito de defesa consagrado na Constituição.

O congressista alega ainda que a defesa de Dilma deveria ter sido ouvida por último no momento da votação. Há ainda uma alegação técnica de que o resultado da votação teria que ser encaminhado ao Senado por resolução e não por ofício, como teria ocorrido.

"Não poderiam os senhores parlamentares antes da conclusão da votação terem anunciado publicamente os seus votos, na medida em que isso caracteriza prejulgamento e clara ofensa ao amplo direito de defesa que está consagrado na Constituição. Do mesmo modo, não poderia a defesa da presidente ter deixado de falar por último no momento da votação, como acabou ocorrendo", diz o presidente interino.

Em sua decisão, Maranhão diz que os deputados ficam proibidos de antecipar seus votos sobre o processo para a nova votação.

Maranhão acolheu recurso da AGU (Advocacia-Geral da União) questionando a votação do processo de impeachment de Dilma, no dia 17 de abril, pelo plenário da Câmara. O impeachment foi aprovado por 367 votos contra 137, pela abertura do processo de impeachment.

A Folha antecipou, na coluna Painel do último dia 6, que havia um recurso da AGU pendente, datado de 25 de abril, em que o advogado-geral José Eduardo Cardozo requeria a nulidade da votação. "Com uma canetada, Maranhão pode agora levar o impeachment à estaca zero", disse um aliado de Cunha à época.

O deputado é aliado do governador Flávio Dino (PC do B-MA), um dos principais correligionários de Dilma, e votou contra a autorização da Câmara para abertura do processo de impeachment.

Vice-presidente da Câmara, Maranhão chegou ao comando da Casa na semana passada após o STF (Supremo Tribunal Federal) determinar a suspensão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato e da Presidência da Câmara, que foi o principal fiador do impeachment no Congresso.

Na ação, a AGU apontou ilegalidades como orientação de voto feita pelos líderes partidários, motivações de voto alheias ao tema em questão (os que votaram "pela família", por exemplo), manifestação do relator no dia da votação, não abertura de espaço à defesa após essa fala e falta da aprovação de uma resolução materializando a decisão do plenário.

A acusação contra Dilma leva em conta as chamadas pedaladas fiscais e decretos que ampliaram os gastos federais em R$ 3 bilhões.

DILMA

A presidente Dilma recebeu a notícia durante evento no Palácio do Planalto para anunciar a criação de universidades. Em meio a gritos da plateia de "Uh! É Maranhão" e "Fica querida!", a presidente afirmou sobre a decisão de Maranhão: "Eu soube agora, da mesma forma que vocês, que um recurso foi aceito e que portanto o processo de impeachment está suspenso".

"Eu não tenho essa informação oficial. Estou falando porque não podia fingir que não estava sabendo da mesma coisa que vocês", afirmou. "Não é oficial, não sei as consequências, tenham cautela, porque vivemos uma conjuntura de manhas e artimanhas".

"Temos que saber que temos pela frente uma disputa dura, cheia de dificuldades. Peço encarecidamente aos senhores parlamentares uma certa tranquilidade para lidar com isso", afirmou Dilma, que falou por cerca de 20 minutos.

ÍNTEGRA

Leia a íntegra da nota emitida por Maranhão:

1. O Presidente da Comissão Especial do Impeachment do Senado Federal, Senador Raimundo Lira, no dia 27 de abril do corrente ano, encaminhou à Câmara dos Deputados, ofício em que indagava sobre o andamento de recurso apresentado pela Advocacia-Geral da União contra a decisão que autorizou a instauração de processo de impeachment contra a Sra. Presidente da República, Dilma Rousseff.

2. Ao tomar conhecimento desse ofício, tomei ciência da existência de petição dirigida pela Sra. Presidente da República, por meio da Advocacia-Geral da União, em que pleiteava a anulação da Sessão realizada pela Câmara dos Deputados, nos dias 15, 16 e 17 de abril. Nessa sessão, como todos sabem, o Plenário desta Casa aprovou parecer encaminhado ao Senado Federal para a eventual abertura de processo contra a Sra. Presidente da República, Dilma Rousseff, por crime de responsabilidade.

Veja a Matéria completa na F SP

Google+ Badge