quinta-feira, 14 de março de 2013

ROSEANA SARNEY VIRA ALVO DA POLÍCIA FEDERAL



Agora sim, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB),passa a ser alvo da polícia federal, a Polícia irá investigar Roseana por suspeita de fraude nas eleições de 2010. Tudo começou depois das denuncias feitas por Flávio Dino, durante encontro em Imperatriz ,a denúncia foi formulado pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos e aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Foi Roseana Sarney a favorecida com os mais de 600 convênios assinados as vésperas da eleição, que totalizaram a soma de quase R$ 1 bilhão despejados nos cofres de prefeituras aliadas.

A governadora ainda foi denunciada pelo Ministério Público por utilizar indevidamente o Minha Casa Minha Vida para cooptar votos. Em Santa Luzia, um carro de som com adesivos e material de propaganda da coligação dela foi flagrado convocando a população para uma reunião com o fim de tratar do programa do Governo Federal.

Roseana e o TRE devem explicações sobre a demora na apuração em Brejo de Areia, que terminou após a meia-noite, destoando do restante do estado. A contagem de votos do município, com 6.403 eleitores, foi decisiva para determinar resultado da disputa pelo Palácio dos Leões e Flávio Dino (PCdoB) ficou a apenas 4.877 votos de disputar o segundo turno.

A Polícia Federal deve esclarecer o porquê dos mais de 18 mil votos computados depois do término do processo de votação. Nestas sessões a governadora teve vantagem de 65%.

Talvez a apuração da PF explique a razão pela qual as cidades de Paço do Lumiar e Raposa, que testavam o sistema de votação biométrica, apresentaram abstenção considerada baixíssima, diferindo das outras cidades onde o sistema estava sendo testado e do índice histórico registrado no Maranhão.

São estas as questões que a governadora Roseana Sarney tem que explicar à Polícia Federal!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge