sexta-feira, 12 de abril de 2013

Parecer da PGR sobre ação contra Roseana deve sair em três semanas



O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, informou ontem, ao deputado federal Simplício Araújo (PPS-MA) que em até três semanas emitirá parecer sobre o recurso em que o ex-governador José Reinaldo Tavares pede cassação da governadora Roseana Sarney, do vice-governador Washington Luiz Oliveira e a convocação de novas eleições no estado. O deputado esteve pela manhã na sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília, e solicitou de Gurgel informações sobre o RCED 809. O procurador disse ao parlamentar que em até 20 dias deve se manifestar.
“Como representante do povo maranhense, tendo visto o processo que cassou o ex-governador Jackson Lago, deixando grande parte da população revoltada e agora vendo o caso da governadora, farei o meu papel como parlamentar de acompanhar”, disse Simplício Araújo, em entrevista ao blog do John Cutrim/Portal JP.
O processo que pede a cassação de Roseana Sarney por abuso de poder político e econômico aguarda há cerca de oito meses parecer do Ministério Público. De acordo com a acusação, Roseana Sarney assinou convênios com prefeituras no valor de R$ 800 milhões, entre abril e junho de 2010, “com nítido caráter eleitoreiro”. Destes, 127 milhões faltando menos de três dias da data da convenção partidária que homologou o nome dela para disputar o governo do Maranhão. Os advogados sustentam que a influência das ações no resultado eleitoral é facilmente perceptível. Roseana ganhou as eleições no primeiro turno por 0,08% dos votos a mais que a metade dos votos válidos.
Julgamento – Liberado o parecer, o processo volta para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para ser colocado em julgamento. Tudo indica que o processo deve ser redistribuído, devido à iminente a possibilidade de Luciana Lóssio, nova relatora que substituiu Arnaldo Versiani, julgar-se impedida nas duas ações.
Lóssio, que se efetivou no TSE em fevereiro, foi advogada de Roseana no processo que culminou na cassação de Jackson Lago e que levou a filha de José Sarney ao Palácio dos Leões. (Blog John Cutrim/Portal JP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge