segunda-feira, 27 de maio de 2013

Conheça os rivais do Sampaio Corrêa no Campeonato Brasileiro

                         

                Guia: Conheça os rivais do Sampaio Corrêa no Campeonato Brasileiro
No próximo sábado (1) começa a 24ª edição da Série C do Campeonato Brasileiro de Futebol, atualmente é o equivalente à terceira divisão do futebol nacional. Nesta edição, 20 clubes divididos em 2 grupos regionalizados disputarão 4 acessos para a Série B de 2014, outros 4 serão rebaixados para a Série D de 2014. O maior campeão da Série C é o Atlético Goianiense, tendo 2 títulos, em 1990 e 2008.
O campeonato sofrerá uma pausa durante a disputa da Copa das Confederações de 2013, que será realizada entre junho e julho no Brasil. A competição terá duas rodadas disputadas antes da paralisação.
Neste guia estão listados os nove rivais do Sampaio Corrêa no Grupo A do campeonato, retrospectos, títulos e principais destaques. O primeiro jogo do Tricolor será domingo (2) contra o Brasiliense, no Castelão, às 19h.
Grupo A
O Sampaio Corrêa será o representante maranhense na Série C deste ano. Campeão invicto em 1997 e atual da Série D, o Tricolor chega com moral para a disputa, figurando como um dos mais tradicionais representantes na atual edição do campeonato.
O Grupo A é formado por clubes do Maranhão, Pará, Rio Grande do Norte, Distrito Federal, Alagoas, Ceará, Mato Grosso, Pernambuco e Paraíba. Os quatro primeiros colocados enfrentarão os quatro melhores do Grupo B na próxima fase do torneio.
  seriec

VEJA NA OUTRA PAGINA

 Clique aqui para e veja mais

Conheça abaixo os nove rivais do Sampaio Corrêa na primeira fase da competição.
aguiaAGUIA
Nome completo: Águia de Maraba Futebol Clube;
Fundação: 22 de janeiro de 1982 (profissionalizado em 1999);
Cidade: Marabá, Pará;
Estádios: Zinho de Oliveira e Leônidas Sodré de Castro (Curuzu);
Apelido: Azulão do Sul do Pará;
Principais títulos: 1° Turno da Taça Cidade de Belém (2008) e 2° Turno da Taça Estado do Pará (2010)
Retrospecto/Situação: Atualmente a terceira força do estado do Pará, o time que ostenta as cores azul e branco é apenas um dos caçulas do Campeonato Paraense, mas nos últimos cinco anos tem conseguido relativa regularidade em competições nacionais. No último estadual teve desempenho abaixo da média, sendo inclusive rebaixado para a segunda divisão. O Águia está disputando a Série C de forma seguida desde 2008.
O técnico-presidente, João Galvão. (Imagem: Folha do Bico)
O técnico-presidente, João Galvão. (Imagem: Folha do Bico)
Destaque: O técnico-presidente. João Galvão era vice-presidente do clube quando o presidente Ferreirinha se licenciou por um determinado tempo por se candidatar a vice-prefeito da cidade de Marabá. Na primeira fase do Campeonato Brasileiro da série C em 2012, o Águia se apresentava com condições remotas de classificação, o que acarretou na demissão do até então técnico Fran Costa, como a situação não encaminhava para uma contratação de um novo treinador, o diretor de futebol e presidente em ofício assumiu o cargo de técnico do time marabaense, onde obteve êxito, classificando o Águia adiante na competição. Desde então o cargo ainda não mudou de mãos.

baraunasBaraúnas

Nome completo: Associação Cultural Esporte Clube Baraunas;
Fundação: 14 de janeiro de 1960 (existente deste 1924 como bloco carnavalesco);
Cidade: Mossoró, Rio Grande do Norte;
Estádios: Leonardo Nogueira (Nogueirão) e Senador Dinarte Mariz (Marizão);
Apelidos: Leão do Oeste, Barú e O Mais Querido;
Principais títulos: Campeonato Potiguar (2006), Copa RN (2004 e 2007) e Torneio Início (1981 e 1988);
Gilmar, O iluminado (Imagem: Site do Baraúnas)
Gilmar, O iluminado (Imagem: Site do Baraúnas)
Retrospecto/Situação: Terceiro colocado na Série D de 2012, o Baraúnas garantiu assim seu acesso à Série C deste ano. Dentre outras campanhas de destaque, o Leão alcançou a 7º colocação na Copa do Brasil de 2005, sendo eliminado pelo Cruzeiro nas quartas de final. Atualmente, o time sofre com problema no seu estádio em Mossoró, assim deve mandar todos os jogos na Série C na cidade vizinha de Caicó até a reforma do mesmo estar completa.
Destaque: Gilmar, o Iluminado. Atacante e batedor de pênaltis oficial, Gilmar é o coração do time potiguar. Sendo conhecido por sua raça e sorte, é carinhosamente apelidado de ” o Iluminado” pela torcida.

brasilienseBrasiliense

Nome completo: Brasiliense Futebol Clube;
Fundação: 1 de agosto de 2000;
Cidade: Taguatinga, Distrito Federal;
Estádio: Boca do Jacaré;
Apelidos: Jacaré, Ense e Esquadrão Amarelo;
Principais títulos: Campeonato Brasileiro Série B (2004), Campeonato Brasileiro Série C (2002) e Campeonato Brasiliense (7 vezes, último em 2013);
O experiente Washington em jogo do Brasiliense. (Imagem: Globoesporte.com)
O experiente Washington em jogo do Brasiliense. (Imagem: Globoesporte.com)
Retrospecto/Situação: Apesar de ser um dos times mais novos da competição, o Brasiliense já tem uma grande história. Além do bicampeonato brasileiro, tem um vice-campeonato da Copa do Brasil em 2002, sendo derrotado na final pelo Corinthians. O Jacaré está na Série C desde 2011, no ano de 2010 havia sido rebaixado da Série B na 17º colocação. No ano passado, terminou a Série C no modesto 10º lugar.
Destaque: Washington. O atacante paulista já é um veterano no futebol nacional, tendo passado por clubes como Corinthians, Xanthi (Grécia), Vasco, Portuguesa, Sport, Palmeiras, Tokyo (Japão), Konyaspor (Turquia), Vitória e Ceára, Washington foi eleito pela torcida o melhor jogador do Campeonato Brasiliense, além disso foi artilheiro do clube no campeonato com 5 gols.

crbCRB

Nome completo: Clube de Regatas Brasil;
Fundação: 20 de setembro de 1912;
Cidade: Maceió, Alagoas;
Estádio: Rei Pelé;
Apelido: Galo da Pajuçara;
Principais títulos: Campeonato Alagoano (27 vezes, último em 2013)
Goleiro Galatto durante treinamento do CRB.
Goleiro Galatto durante treinamento do CRB.
Retrospecto/Situação: Time mais antigo do Grupo A, o centenário CRB tem variado por muitos anos entre as Séries B e C, no ano passado foi rebaixado da Série B para a C por ter alcançado apenas a 17º colocação ao fim do campeonato. Nos últimos dez anos, disputou por 7 vezes a segunda divisão, e 3 a terceira. O Galo já foi vice-campeão da Copa do Nordeste (1984) e da Série C (2011), tem 11 participações na Série A do Campeonato Brasileiro e, por 24 vezes seguidas, disputou a Série B, de 1994 a 2008.
Destaque: Galatto. O goleiro do CRB também se destaca pelo seu currículo. Tendo jogado em clubes como Grêmio e Atlético-PR, além do espanhol Málaga, o gaúcho de 30 anos é uma voz experiente dentro do grupo.

cuiabaCuiabá

Nome completo: Cuiabá Esporte Clube;
Fundação: 12 de dezembro de 2001 (profissionalizado em 2003)
Cidade: Cuiabá, Mato Grosso;
Estádio: Eurico Gaspar Dutra (Dutrinha);
Apelido: Dourado;
Principais títulos: Campeonato Mato-grossense (2003, 2004, 2011 e 2013),
Igor foi artilheiro do Campeonato Mato-grossense (Imagem: A Gazeta)
Igor foi artilheiro do Campeonato Mato-grossense (Imagem: A Gazeta)
Retrospecto/Situação: Em competições nacionais, a melhor colocação do Dourado foi em 2011, quando eliminou o Sampaio Corrêa nas oitavas e alcançou a 3º posição na Série D, na ocasião, foi eliminado pelo vice-campeão Santa Cruz. Disputa a terceira divisão da competição desde 2012.
Destaque: Igor. O atacante e artilheiro do Campeonato Mato-grossense com oito gols, entrou recentemente em acordo com a diretoria do clube e vai jogar representar o time na Série C deste ano.

fortalezaFortaleza

Nome Completo: Fortaleza Esporte Clube;
Fundação: 18 de outubro de 1918;
Cidade: Fortaleza, Ceará;
Estádio: Alcides Santos, Governador Plácido Castelo (Arena Castelão) e Presidente Vargas (PV);
Apelidos: Leão, Tricolor de Aço e Tricolaço;
Principais títulos: Campeonato Cearense (39 vezes, último em 2010), Torneio Norte-Nordeste (1970) e Taça Brasil – Zona Norte-Nordeste (1960 e 1968);
Hélio dos Anjos e sua conhecida personalidade forte. (Imagem: Lancenet)
Hélio dos Anjos e sua conhecida personalidade forte. (Imagem: Lancenet)
Retrospecto/Situação: Apesar de não ter nenhum título nacional, o Leão tem a maior torcida do Ceará e foi vice-campeão brasileiro em quatro oportunidades, em 1960 e 1968 pela Série A, derrotado por Palmeiras e Botafogo, respectivamente; e em 2002, derrotado pelo Criciúma. Em 2004, foi vice-campeão após um play-off disputado na segunda fase do campeonato. O Fortaleza já diputou a Série A em 20 ocasiões, a B em 16, a C em 10, e 18 vezes a Copa do Brasil, sua melhor colocação na copa foi o 6º lugar em 2001, quando foi eliminado pela Ponte Preta nas quartas de final.
Destaque: Hélio dos Anjos. Treinador e ex-jogador, o atual técnico do Fortaleza já foi técnico de grandes clubes brasileiros, dentre eles Grêmio, Vasco da Gama, Goiás, Sport, Atlético Paranaense, Vitória, Bahia e Fortaleza. Além de vários títulos estaduais, o Hélio dos Anjos foi campeão da Série B com o Goiás em 1999.

luverdenseLuverdense

Nome completo: Luverdense Esporte Clube;
Fundação: 24 de janeiro de 2004;
Cidade: Lucas do Rio Verde, Mato Grosso;
Estádio: Passo das Emas;
Apelidos: LEC, Verdão do Centro Oeste e Luv;
Principais títulos: Campeonato Mato-grossense (2009 e 2012), Copa Governador do Mato Grosso (2004, 2007 e 2011);
(Imagem: Site pessoal)
Gabriel Leite (Imagem: Site pessoal)
Retrospecto/Situação: Caçula da Série C neste ano, o LEC disputa a terceira divisão nacional de forma seguida desde 2008. Sua melhor colocação foi o 6º lugar em 2005, nunca disputou outra divisão do Campeonato Brasileiro e esteve na Copa do Brasil em duas oportunidades, 2010 e 2012, ambas eliminado na primeira fase do torneio. Atualmente o time está na terceira fase da Copa do Brasil, feito inédito para o futebol mato-grossense.
Destaque: Gabriel Leite. O goleiro do Luverdense vem sendo considerado o melhor jogador do atual elenco. Além da liderança em campo, Gabriel está passando por ótima fase. O arqueiro foi destaque na classificanção do LEC contra o Bahia na segunda fase da Copa do Brasil deste ano.

santaSanta Cruz

Nome completo: Santa Cruz Futebol Clube;
Fundação: 3 de fevereiro de 1914;
Cidade: Recife, Pernambuco;
Estádio: José do Rego Maciel (Arruda);
Apelidos: Santa, Santinha, O Mais Querido e Cobra Coral;
O exótico Caça-Rato. (Imagem: Esporte Interativo)
O exótico e falastrão Caça-Rato. (Imagem: Esporte Interativo)
Principais títulos: Torneio Norte-Nordeste (1967), Campeonato Pernambucano (27 vezes, último em 2013), Copa Pernambuco (2008, 2009, 2010 e 2012).
Retrospecto/Situação: Apesar da ausência de títulos nacionais, o Santa foi figurinha carimbada na Série A do Brasileiro entre os anos 60 e 80, de lá pra cá, apenas ocasionais participações. O Santa Cruz disputa a Série C em sequência desde o ano passado, quando terminou a competição no 14º lugar. Em 2011, foi vice-campeão da Série D, na ocasião, foiderrotado pelo Tupi.
Destaque: Caça-Rato. O atacante de nome e corte de cabelo peculiar também é famoso por declarações pouco ortodoxas, como por exemplo, considerar-se o maior ídolo do Santa Cruz atualmente. Seu contrato com o clube termina ao fim deste mês, mas a diretoria estuda sua renovação. Caça-Rato tem 5 gols na temporada, o principal deles foi contra o Sport na final do Campeonato Pernambucano deste ano.

trezeTreze

Nome completo: Treze Futebol Clube;
Fundação: 7 de setembro de 1925;
Cidade: Campina Grande, Paraíba;
Estádio: Governador Ernani Sátyro (Amigão);
Apelido: Galo;
Chulapa, exemplo de superação. (Imagem: PB Esporte)
Chulapa, exemplo de superação. (Imagem: PB Esporte)
Principais títulos: Campeonato Brasileiro Série B (1986), Taça Brasil Fase Nordeste (1967), Campeonato Paraibano (15 vezes, último em 2011), Copa Paraíba (1982, 1983 e 2009);
Situação/Retrospecto: Clube tradicional, o Galo já esteve em várias oportunidades na Série A do Brasileiro entre os anos 70 e 80. Disputa a Série C desde 2012, sua colocação ano passado foi a 13º.
Destaque: Thiago Chulapa. O atacante de 25 anos foi artilheiro do estadual mesmo tendo desfalcado o time por causa de uma contusão.
O Grupo B é formado por times de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Sul; são eles Betim, Caxias, CRAC, Duque de Caxias, Grêmio Barueri, Guarani, Macaé, Madureira, Mogi Mirim e Vila Nova.
1ª Rodada da Série C do Campeonato Brasileiro
Grupo A
Sábado (1), 16h – Baraúnas x Fortaleza
Sábado (1), 16h – Águia x CRB
Sábado (1), 16h – Santa Cruz x Luverdense
Domingo (2), 19h – Sampaio x Brasiliense
Quarta (5), 21h30 – Cuiabá x Treze
Grupo B
Sábado (1), 15h – Madureira x Guarani
Sábado (1), 16h – Mogi Mirim x Duque de Caxias
Sábado (1), 16h – CRAC x Betim
Sábado (1), 19h – Caxias x Macaé
Domingo (2), 16h – Vila Nova x Barueri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge