quarta-feira, 12 de junho de 2013

Esperantinópolis: Discussão termina em morte a facadas.

               
 Um assassinato Brutal chocou a população de Esperantinópolis no último domingo, 09. O cidadão Antonildo Bezerra veio a óbito depois de sofrer várias facadas na Rodoviária da cidade, por volta das 18h.

Detalhadas sobre o bárbaro assassinato ocorrido no começo da noite do último domingo. Fontes da PM de Esperantinópolis informou que Antonildo Bezerra, (conhecido também como Tonildo ou Brinquedo), trafegava na MA 012, sentido São Roberto a Esperantinópolis. No percurso, ele começou a disputar corrida com o acusado Fabrício, que dirigia um veiculo Celta. Nessa disputa perigosa, os dois se alternavam a frente, em alta velocidade. Nas proximidades do Povoado Sumúma, os carros acabaram se encostando, avariando a lataria de ambos os veículos.

Na rodoviária de Esperantinópolis, Fabrício, em companhia de seu cunhado Nem, exigiu que Antonildo pagasse os prejuízos da lataria do veículo Celta. Antonildo respondeu que não pagaria os prejuízos, justificando que o carro dele também ficou avariado e que a culpa era dos dois, portanto que cada um arcasse com o seu prejuízo.


Depois da recusa, Nem teria segurado Antonildo, enquanto Fabrício teria efetuado várias facadas nele. Ferido com gravidade, Antonildo ainda chegou a ser socorrido no Hospital Santa Marta, recebeu os primeiros socorros, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio á óbito.

Os acusados pelo homicídio, Fabrício e Nem, empreenderam fuga da cidade. Abandonaram o veículo Celta nas proximidades do Povoado São José, município de Esperantinópolis e continuaram a fuga a pé. O veículo Celta utilizado pelos acusados está apreendido no pátio da delegacia de Polícia de Esperantinópolis.

A Polícia Militar, comandada pelo Tenente Cecílio, recebeu várias denúncias, informando o paradeiro dos acusados, realizou diligências no sentido de prendê-los, porém, ainda não foram localizados nos lugares indicados.

Tenente Cecílio diz que tem informação que os acusados Fabrício e Nem residem em Poção de Pedras e esperam localizá-los e prendê-los o mais rápido possível. Os procedimentos para o pedido de prisão já foram feitos.


Com informações da Polícia Militar de Esperantinópolis e Blog do Carlinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge