domingo, 23 de fevereiro de 2014

Mãe, filha e secretária são assassinadas com requintes de crueldade

A Advogada Leda Marta Lucyk dos Santos de 40 anos,  procuradora do município de Itaituba é encontrada morta com sua filha Hannah  Estela de 10 Anos e sua  funcionária  Taynara Siqueira.
A polícia trabalha com dois suspeitos: o ex-marido da Advogada, que já se encontra detido  e o ex- namorado da funcionária que está desaparecido.
As primeiras informações,  são de que o crime  teria ocorrido pela  parte da manhã, mais  somente  já ao anoitecer  por  volta  das 19 horas deste sábado, 22/02, foi que o crime veio a ser descoberto.
Quando pessoas próximas estranharam a ausência tanto da advogada quanto da funcionária na loja. Com isso acionaram a policia que em seguida chamou o corpo de bombeiro após ver marcas de sangue através de pegadas no chão da loja.
A advogada Leda e a funcionária receberam várias  facadas e a criança foi decapitada.
As primeiras  suspeitas  sobre  o assassinato recaíram  sobre o ex-marido  da  advogada  Leda Marta, o  também  advogado, professor universitário e ex-sargento do exercito  Altair  dos Santos.
Altair foi detido pela policia para prestar  esclarecimentos sobre esse fatídico crime que abalou a sociedade itaitubense.
Na delegacia de policia Altair, estava visivelmente  transtornado  com tudo que aconteceu  e pedia que tudo fosse investigado de forma  criteriosa e que o  verdadeiro culpado fosse encontrado.
Mais a polícia também está a procura de um outro  suspeito, que teria porte físico semelhante ao do  advogado Altair dos Santos, a imagens das câmeras de segurança,  que ficam nas proximidades já estão em poder da policia para as devidas investigações.
O corpo da advogada  e de sua  filha  será  velado  no Salão Paroquial  da Matriz de Santana, que  fica na Avenida Getúlio  Vargas, depois  serão  transladados para a  cidade de seus familiares em Palotina no Paraná.
O crime trouxe grande repercussão na sociedade itaitubense. 
O ex marido que aparece na foto, é o principal suspeito desta brutalidade
                       

blog do Gilson Vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge