quarta-feira, 7 de maio de 2014

Polícia vai cobrar explicações da Prefeitura de Bacuri sobre mortes

               do G1

            Oito adolescentes morreram na semana passada, após colisão.
           Todos seguiam da escola para casa, na carroceria de uma caminhonete

                   
A polícia quer explicações da Prefeitura de Bacuri sobre o transporte escolar do município. Oito estudantes morreram em um acidente, há uma semana, quando eram levados na carroceiria de uma caminhonete. Os sobreviventes confirmaram nesta terça-feira (6) que o veículo era conduzido por um adolescente.
Ao todo, 25 estudantes eram transportados na carroceria de uma caminhonete, quando houve uma colisão entre Bacuri e Apicum-Açu. Segundo os depoimentos, o dono do carro viajava em pé, no estribo.
O drama das famílias acabou comovendo um povoado inteiro. Madragoa, em Bacuri, se uniu na dor para cobrar justiça. Seu Laurenilson Farias perdeu duas filhas no acidente. Emile e Samile usavam o transporte da prefeitura de Bacuri para ir à escola. "O que a gente pede é justiça, como sempre. É uma dor insuportável", disse.

A Polícia Civil deve intimar as autoridades de Bacuri para dar explicações sobre o transporte irregular no município. "Vamos oficiar tanto a Secretaria de Educação como a de Transporte para que eles demonstrem onde está o contrato de transporte desses alunos", afirmou o delegado Felipe Gonçalves.
  •  
Familiares de vítimas de acidente deporam nesta terça (Foto: César Hipólito/TV Mirante)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge