segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Pistoleiro que assassinou Blogueiro Décio Sá mata outro detento


                 
Morreu no domingo (7), em São Luís, o detento Alan Kardec Dias Mota que esteve envolvido em uma briga com o paraense Johnathan de Sousa Silva, conhecido por ser o assassino confesso do jornalista Décio Sá. A briga ocorreu na Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 4 (UPSL 4).
Durante o “banho de sol”, Johnathan se desentendeu com Alan Kardec Dias Mota e o feriu no peito com um pedaço de ferro. Alan Kardec foi socorrido no Hospital Clementino Moura (Socorrão 2), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no fim da tarde.
A polícia abriu inquérito para investigar o caso. O detento Johnatan de Sousa Silva foi condenado pelo assassinato do jornalista Décio Sá em abril de 2012.
Assassino confesso
Jhonatan Sousa Silva, de 24 anos, confessou ter assassinado o jornalista Décio Sá, com cinco tiros, em um bar da Avenida Litorânea, orla de São Luís, no dia 23 de abril. O pistoleiro confessou à polícia que matou o jornalista à mando de um consórcio de agiotagem, formado por seis pessoas, presas no dia 13 de junho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge