quinta-feira, 9 de julho de 2020

Família procura idoso de 87 anos que desapareceu em Lago da Pedra MA

                               
Esse é seu Francisco albino Gomes. Ele tem 87 anos de idade, sua família informa que ele e saiu de casa ontem 9:00 horas da manhã pra cortar o cabelo e até agora não voltou. Ele é da cidade de Lago da Pedra.
Se alguém viu entrar em contato com o seu filho Rogério monteiro.

Fone: (99) 98106-6994



quarta-feira, 8 de julho de 2020

Ex-prefeito de Lagoa Grande se pronuncia sobre matéria de cunho político veiculada em um blog

De acordo com Dr. Jorge, não conseguirão, com postagens tendenciosas, afastar o desejo do povo na continuidade do bom trabalho que seu grupo político vem desenvolvendo em Lagoa Grande.
O ex-prefeito de Lagoa Grande/MA, Dr. Jorge, se pronunciou nas redes sociais em relação à matéria: ´´Tribunal de Contas da União condena Ex-prefeito de Lagoa Grande do Maranhão a devolver dinheiro desviado dos cofres públicos“, divulgada em um blog da cidade de Rosário, no início desta semana.
Segundo Dr. Jorge, que governou Lagoa Grande por dois mandatos, a matéria é tendenciosa, tem cunho político, tendo em vista a ótima aceita da pré-candidata a prefeita Graciane Miranda, sua esposa, que lidera pesquisas de intenção de voto.
Ainda segundo o Dr. Jorge: ´´ o convênio com a Funasa mencionado nessa requentada matéria, foi utilizado à luz dos comandos legais e os recursos foram objeto de prestação de contas aprovada pela FUNASA, órgão repassador e fiscalizador da utilização dos recursos. Por alguma falha  ainda sob investigação, tal informação não foi repassada pela FUNASA ao TCU, o que lhe levou a dar a decisão acima mencionada, a qual não se manterá pelos motivos já declinados, os quais já estão sendo comunicados ao órgão processante.“

Nota de Dr. Jorge

Em atenção à matéria publicada no blog Rosário em foco intitulada “Tribunal de contas da União condena Ex-prefeito de Lagoa Grande do Maranhão a devolver dinheiro desviado dos cofres públicos”, a qual foi propositadamente distribuída nos grupos de Whatsapp do nosso município e região, claramente com a intenção de causar uma imagem negativa do ex-prefeito Dr. Jorge, seu grupo político e da pré-candidata a Prefeita, Sra. Graciane Miranda, tenho a esclarecer o que segue:
_ Inicialmente devo dizer que jamais desviei um único real das verbas públicas que geri. O convênio com a Funasa mencionado nessa requentada matéria, foi utilizado à luz dos comandos legais e os recursos foram objeto de prestação de contas aprovada pela FUNASA, órgão repassador e fiscalizador da utilização dos recursos, consoante comprova o documento abaixo.
_ Por alguma falha  ainda sob investigação, tal informação não foi repassada pela FUNASA ao TCU, o que lhe levou a dar a decisão acima mencionada, a qual não se manterá pelos motivos já declinados, os quais já estão sendo comunicados ao órgão processante.
_ Ao longo de 8 anos de mandato, sempre primei pela utilização correta dos recursos recebidos, tanto que não tenho nada que desabone minha conduta e nem que manche meu nome. A seriedade com que sempre conduzi minha vida pública fala por mim. É fruto dos ensinamentos que tive na casa dos meus pais e que procuro transmitir aos meus semelhantes.
_ Não conseguirão, com postagens tendenciosas como essa, afastar o desejo do povo na continuidade do bom trabalho que nosso grupo político vem desenvolvendo na Lagoa Grande e que coloca Graciane Miranda à frente de todos os levantamentos de intenção de voto.
_ Chama a atenção o fato de que tal postagem ocorreu exatamente na mesma semana em que o pré-candidato a Prefeito da oposição e seu vice pré-candidato a vice-Prefeito e alguns familiares deste foram flagrados, consoante amplamente divulgado na imprensa, recebendo indevidamente os valores do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal para socorrer aos menos favorecidos nesse período de pandemia. Seria risível se não fosse trágico e deplorável: dois riquíssimos fazendeiros, sendo um deles ainda comerciante, e os familiares deste pegos recebendo o dinheiro de pobres e indefesos brasileiros.
_ Dizem que o vício do cachimbo é que faz a boca torta.
_ Como disse algum organismo de imprensa, se estão enfiando a mão no dinheiro do auxílio emergencial, o que não fariam com o dinheiro público?
Pergunto: A quem poderia interessar requentar uma postagem claramente direcionada como essa?
Nem preciso responder.
A todos vocês, filhos de Lagoa Grande do Maranhão, devo dizer que todos me conhecem, conhecem minha família e sabem de tudo o quanto fizemos por nosso município nos 8 anos em que estivemos à frente da Prefeitura.
Não acreditem nas inverdades desse tipo que começaram a plantar na imprensa.
Vamos continuar conversando com todos, por uma Lagoa Grande cada vez melhor para os seus filhos.
Grande abraço do Dr. Jorge e um beijo no coração de todos vocês.
Fonte: Walney Batista


MOMENTO MUITO TRISTE. Cortejo fúnebre do Francisco da Tatá

terça-feira, 7 de julho de 2020

Lagoa Grande está de Luto. Francisco da tatá morreu vitima de Covid 19

                              
Lagoa Grande está de luto, morreu hoje 07 no Hospital Regional de Lago da Pedra o funcionário publico Francisco Fernandes Reis de 50 anos.

Fransquim da tatá como era conhecido trabalhava no hospital municipal José Vieira de Melo de Lagoa Grande como vigia, ele foi foi mais uma vitima da covid 19.

Francisco estava internado ha uma semana, e hoje seu quadro de saúde se agravou e  não resistiu.

Os funcionários do hospital, amigos e conhecidos foram esperar seu corpo na placa de entrada da cidade e prestaram sua ultima homenagem acompanhando seu corpo em cortejo com motocicletas e carros direto para o cemitério onde foi feito seu sepultamento.

 Francisco era muito dedicado em seu trabalho e sempre ajudava os profissionais de saúde na linha de frente.

Neste momento de dor quero deixar meus profundos e sinceros sentimentos a toda família do Fransquim,
 a todos vocês desejo que tenham muita força para ultrapassar este acontecimento trágico e inesperado.
Djalma Silva.



segunda-feira, 6 de julho de 2020

Morre o ex-prefeito de Poção de Pedras Gildásio Ângelo,por consequência da covid-19.

Morreu nas primeiras horas desta segunda-feira (06) o ex-prefeito do município de Poção de Pedras, Gildásio Ângelo da Silva.
Ele estava internado há 60 dias no hospital São Domingos em São Luis por consequência da covid-19.
Gildásio foi secretário de Saúde de Tuntum, entre os anos de 2005 a 2008.
                               
O ex-prefeito também foi diretor administrativo da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).
Ele foi, ainda, chefe do Núcleo de Assistência dos Servidores Públicos do Estado do Maranhão (NASSP) na primeira gestão do governador Flávio Dino.
– Nota da Famem
A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) emitiu nota na qual lamenta o falecimento do ex-prefeito. Confira a íntegra abaixo:
A FAMEM lamenta o falecimento do servidor público federal Gildásio Ângelo da Silva, ex-prefeito de Poção de Pedras e ex-diretor desta entidade com histórico de dedicação à causa municipalista.
Dr. Gildásio, de 59 anos, faleceu neste domingo (05) em decorrência de complicações causadas pela covid-19. Ele estava internando há dois meses no Hospital São Domingos, nesta capital, em tratamento contra a doença.
A Famem se solidariza com a família, amigos e munícipes da região do Médio Mearim neste momento de imenso pesar.

sábado, 4 de julho de 2020

HEY, PAI- PARTIU LAGOA GRANDE DO MARANHÃO.

Reflexão do vereador Francisco cordeiro sobre a Pandemia Mundial provocada pelo Novo Corona Vírus (COVID-19).


OPINIÃO
A Pandemia Mundial provocada pelo Novo Corona Vírus (COVID-19), provocou um grande prejuízo, especialmente, para as famílias que perderam entes queridos.
Tivemos que fechar nossas portas e nos afastar dos amigos.
O comércio teve que fechar as portas e milhões de desempregados tem assustado muitas pessoas.
O Sistema de Saúde precário, mostrou o pavor de não suprir o números de infectados e muito mais pessoas morrerem.
Após alguns meses o pânico diminuiu, embora, não esqueçamos a doença continua contaminando e matando muitas pessoas.
A Economia Nacional em crise na maioria dos setores. Como esperados chegaria um momento em que a abertura e retorno das atividades econômicas terão que funcionar na "Nova Normalidade".
Nos Municípios, onde de fato a vida acontece, onde as pessoas conhecem e vivem as alegrias e também as triste de cada amigo, os impactos são sentidos com mais força.
É preciso um retorno das atividades econômicas, pois embora ainda o vírus esteja contaminando, as respostas do Sistema de Saúde, também estão respondendo a contento.
Em nosso Município de Lagoa Grande do Maranhão graças a Deus o número de pacientes confirmados com O COVID-19 está estável, a mais de uma semana que o BOLETIM DA SECRETARIA DE SAÚDE, informa que são 99 casos ativos, o número de recuperados aumentando e não temos nenhum paciente no Hospital Municipal com a doença.
Por outro lado, temos um número razoável de pequenos estabelecimentos que continuam fechados sem poder atender seus clientes e sem poder arcar com as despesas contraídas para abertura e funcionamento do mesmo ante Ada Pandemia.
Contrariamente ao Decreto Estadual de Abertura Econômica Gradual, o Executivo, estende, as restrições até dia 15/07/2020.

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Polícia investiga morte de duas crianças por ataque de peixe-elétrico no Maranhão


Polícia Civil investiga se um ataque de ‘poraquê’, conhecido como Peixe-Elétrico, causou a morte de duas crianças encontradas com sinais de afogamento nesta terça-feira (30), em uma região de lagoas em Bacabal, a cerca de 250 km de São Luís.
As crianças foram identificadas como Wildean da Conceição Ferreira, de 12 anos, e Lucas Ryan Costa dos Santos, de 8 anos. Segundo a polícia, moradores afirmam que elas estavam brincando em uma lagoa, onde já houve casos de pessoas que receberam choque elétrico de poraquê.
Após o caso, a Delegacia de Bacabal pediu um laudo para atestar se as crianças morreram afogadas por si mesmas, ou se foi por causa de um choque elétrico. A Prefeitura de Bacabal emitiu nota e lamentou a morte das crianças.
informações G1/MA

Eleições 2020 adiada para 15 de novembro: confira o novo calendário

                     Abradep realiza ciclo de debates sobre Eleições 2020, Direito ...
Congresso Nacional aprovou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as datas do calendário eleitoral deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus.
O calendário inicial, definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
 em dezembro do ano passado, previa o primeiro turno em 4 de outubro, 
e o segundo, em 25 de outubro. A PEC aprovada pelo Congresso adia o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.


É com imenso pesar que comunicamos a morte do Blogueiro e radialista Vilmar Ferreira de Lago da Pedra

NOTA DE FALECIMENTO

NOTA DE FALECIMENTO

É com imenso pesar que comunicamos a todos os nossos amigos que nosso amigo blogueiro e radialista Vilmar Ferreira não Resistiu vindo falecer nessa madrugada!

Mais informações a qualquer momento!
Informações Mario Junior.

domingo, 28 de junho de 2020

Prefeitura Municipal faz entrega de alimentos adquiridos pelo PAA


LAGOA GRANDE DO MARANHÃO
A Prefeitura Municipal de Lagoa Grande do Maranhão realizou   distribuição de alimentos adquiridos pelo Programa de Aquisição de Alimentos, destinados a famílias cadastradas no programa e inscritas no Centro de Referência da Assistência Social CRAS e instituições socioassistenciais, que trabalham com populações em risco de segurança alimentar nutricional.

Mas esse programa também valoriza e beneficia produtores rurais da agricultura familiar, à medida que recebem gratuitamente sementes selecionadas e ao final, na colheita, toda produção é adquirida (comprada desses produtores) para essa finalidade de distribuição.

São produtos que integram a cesta de alimentos saudáveis e sem uso de agrotóxicos (verduras, frutas, legumes, hortaliças e outras alimentares).

Continuamos trabalhando para a melhoria de vida de nossa gente lagoagrandense.

Chico Freitas

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Obra da Rodovia MA 245 entre Lago da Pedra e Lagoa Grande está concluída

A rodovia MA-245 entre Lago da Pedra e Lagoa Grande já está pavimentada e agora a empresa responsável pela obra EDECONSIL está realizando a última etapa fazendo a sinalização vertical e horizontal. 
O trabalho na MA-245 inclui o melhoramento e a pavimentação da rodovia com a construção de cinco pontes de concreto. Já foi finalizado o aterro dos encontros da última ponte na rodovia, o que garante tráfego contínuo na via sem a necessidade do uso de desvios no trecho.
A rodovia, de 65 quilômetros, interliga 15 povoados entre os dois municípios. É, também, mais uma rota para quem trafega até as cidades de Itaipava do Grajaú e Barra do Corda. A obra atende a uma espera de anos da comunidade.








Adiamento das eleições para 15 e 29 de novembro é aprovado no Senado

                     Sessão Deliberativa Remota (SDR) do Senado Federal realizada a partir da sala de controle da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen). Ordem do dia.   O Senado analisa Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 18/2020, que adia as eleições municipais, inicialmente previstas para outubro, em decorrência da pandemia de coronavírus. Além da PEC, os senadores também apreciam a Medida Provisória (MP) 932/2020, que, em seu texto original, corta pela metade a contribuição devida por empresas para financiar o Sistema S durante os meses de abril, maio e junho; e um item extrapauta, que propõe autorização para contratação de operação de crédito externo, com a garantia da República Federativa do Brasil.   Participam via videoconferência: senadora Rose de Freitas (Podemos-ES);  senador Eduardo Braga (MDB-AM); senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG); senador Tasso Jereissati (PSDB-CE);  senador Ciro Nogueira (PP-PI);  senador Confúcio Moura (MDB-RO);  senador Dário Berger (MDB-SC);  senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB);  senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ);  senador Acir Gurgacz (PDT-RO);  senador Fernando Collor (Pros-AL).   Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
O Plenário do Senado aprovou em votação remota o adiamento para os dias 15 e 29 de novembro, do primeiro e do segundo turnos, respectivamente, das eleições municipais deste ano, inicialmente previstas para outubro, em decorrência da pandemia de coronavírus.
O texto aprovado nesta terça-feira (23) foi um substitutivo do senador Weverton (PDT-MA) à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/2020. A matéria segue agora para análise da Câmara dos Deputados.
Com a previsão das eleições ainda para este ano, fica garantido o período dos atuais mandatos. A data da posse dos eleitos também permanece inalterada. Prefeito, vice-prefeito e vereadores têm mandato de quatro anos e tomam posse em 1º de janeiro.
A proposta torna sem efeito — somente para as eleições municipais deste ano — o artigo 16 da Constituição, segundo o qual qualquer lei que alterar o processo eleitoral só se aplicará à eleição que ocorrer após um ano de sua vigência.
O senador Weverton explicou que as eleições foram adiadas por 42 dias e com isso também os prazos do calendário eleitoral que estão por vencer:
— Em se confirmando esse texto na Câmara dos Deputados e virando lei, nós vamos manter o mesmo calendário eleitoral previsto para as eleições de 4 de outubro. Ou seja, o período de rádio e TV é o mesmo, o período de Internet é o mesmo, da convenção até o dia da eleição é o mesmo, nós fizemos apenas umas adaptações quanto ao calendário pós eleição por conta do tempo. Mas todos têm de ficar bastante atentos porque não houve aumento de tempo de TV, todos os tempos são os destinados na legislação.

Convenções e campanhas

As emissoras podem transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos até 11 de agosto. A partir dessa data, esse tipo de transmissão fica proibido.
A PEC define também o período entre 31 de agosto e 16 de setembro para a realização das convenções para escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações.
Até 26 de setembro, partidos e coligações devem solicitar à Justiça Eleitoral o registro de seus candidatos.
Após 26 de setembro, inicia-se a propaganda eleitoral, inclusive na internet. A Justiça Eleitoral convocará os partidos e a representação das emissoras de rádio e de televisão para elaborarem plano de mídia.
Partidos políticos, coligações e candidatos devem, obrigatoriamente, divulgar o relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados em 27 de outubro.
Vai até 15 de dezembro o prazo para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos e comitês, relativos ao primeiro e, onde houver, ao segundo turno das eleições.
A diplomação dos candidatos eleitos ocorrerá em todo o país até o dia 18 de dezembro.

sexta-feira, 19 de junho de 2020

SES confirma que Apenas quatro municípios não têm casos confirmados de Covid-19 no Maranhão


Além de atualizar o número de mortes, casos confirmados e pessoas curadas do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) anunciou, em boletim divulgado na noite desta quinta-feira (18), que o número de municípios maranhenses com pacientes infectados pela Covid-19 permanece em 213. Segundo a SES, apenas quatro cidades do estado ainda não registraram casos de coronavírus: Lagoa do Mato, Loreto, São Félix de Balsas e São Francisco do Maranhão. 

De acordo com a SES, o Maranhão tem 66.091 casos confirmados de Covid-19. São Luís (12.384), Imperatriz (3.392), Santa Inês 93.115), Açailândia (2.186), Zé Doca (1.805), Codó (1.7.62), Chapadinha (1.536), Bacabal (1.389), Barra do Corda (1.092) e Timon (1.015) são os dez municípios maranhenses com o maior número de pacientes infectados pelo coronavírus. 

O boletim da SES também atualizou o quadro dos pacientes infectados pelo novo coronavírus no Maranhão. Entre os 66.091 casos confirmados, são 1.607 mortes, 397 internações em UTI (346 na rede pública e 51 na rede privada), 649 internações em enfermaria, 21.665 pacientes em isolamento domiciliar e 41.773 pessoas recuperadas. Os pacientes com teste positivo para a Covid-19 estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).








Fonte: Imirante

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Deputado Zé Gentil morre vítima do covid-19, no Maranhão


Morreu na ultima segunda-feira (15), o deputado estadual, José Gentil Rosa, do PRB, 80 anos, e pai do prefeito de Caxias.
José Gentil estava com diagnóstico de covid-19 e tratava a doença em hospital da Unimed em Teresina. O parlamentar tinha comorbidades como diabetes e hipertensão.
O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, publicou em sua rede social nota de pesar e informando o falecimento do pai.
“Perdi minha referência, meu pai Zé Gentil. Ele foi e sempre será meu exemplo do que significa ser um homem honrado, respeitado, trabalhador e, acima de tudo, incansável em lutar pelo bem da sociedade”.
A Assembleia Legislativa do Maranhão também divulgou nota de pesar
A Assembleia Legislativa do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento do deputado estadual José Gentil (PRB), aos 80 anos, nesta segunda-feira (15). Em razão desta grande perda, o Parlamento maranhense decreta luto oficial de três dias.
Zé Gentil, como era conhecido, estava no seu terceiro mandato como deputado estadual, exercendo a função nas legislaturas 1987 a 1991 (deputado constituinte), 1995 a 1999 e, na atual, de 2019 a 2023.
Pai de quatro filhos, entre eles o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, o falecimento de Zé Gentil deixa uma imensa lacuna na política do Estado e enluta os cidadãos e cidadãs caxienses e de todo o Maranhão.
Neste momento de dor, a Assembleia Legislativa transmite irrestrita solidariedade aos familiares, amigos, admiradores, e à população de Caxias em geral, que perde um grande líder político e apaixonado por essa cidade tão querida. Deus o receba em paz!
Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão

Quase 90% dos novos casos de coronavírus no Maranhão estão no interior do estado

Coronavírus Sars-Cov-2 em imagem de microscópio eletrônico — Foto: NIAID-RML/Handout via Reuters
Entre os 742 novos casos do novo coronavírus (Covid-19) registrados no Maranhão até a noite dessa segunda-feira (15), 661 foram registrados no interior do estado e 81 na Região Metropolitana de São Luís, o que representa que 89% dos novos casos estão nas cidades menores. Os números são do boletim mais recente divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).
O número de mortes confirmadas nas últimas 24h, no entanto, mostram São Luís com 13 mortes confirmadas, seguida de Pedreiras (6), Imperatriz (3), Zé Doca (3), Amarante do Maranhão (2), Lago da Pedra (2), Davinópolis (1), Satubinha (1) e João Lisboa (1). Na soma total, o interior do estado contou 19 mortes nas últimas 24h.
Ao todo, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Maranhão chegou a 60.592 casos confirmados de Covid-19, com 1.499 óbitos pela doença e 35.466 pessoas curadas.

terça-feira, 9 de junho de 2020

Hospital de Lago da Pedra é entregue e amplia o número de leitos exclusivos para coronavírus no Maranhão

Mais um equipamento de saúde foi entregue, hoje (8), à população maranhense: o Hospital Dr. Rubens Jorge, em Lago da Pedra.  Com 50 leitos, e áreas exclusivas para tratamento da Covid-19, a unidade hospitalar atenderá pacientes de urgência e emergência e dará suporte à rede de saúde da região..
O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), reforça a estrutura de saúde na região de Pindaré, auxiliando o atendimento tanto na cidade de Lago da Pedra, quanto dos municípios vizinhos, como Paulo Ramos e Lago dos Rodrigues. Essa é a forma que a gestão tem encontrado para descentralizar os atendimentos na capital e pólos e assim fortalecer o combate ao coronavírus no estado. 
Segundo o Governador Flávio Dino, essa é uma importante conquista, porque é a primeira vez que o estado tem hospitais em todos os quadrantes do território maranhense. “Pela primeira vez na história do Maranhão, nós temos uma rede estadual de saúde descentralizada. Isso é um processo que vem em curso nos últimos anos e que se intensificou em face dessa necessidade. É o maior processo de ampliação de leitos hospitalares da história do Maranhão. E essa ampliação ficará como legado, após a pandemia, essas unidades ficarão incorporadas a rede estadual para atendimento de outras necessidades da população”, disse o governador. 
O novo hospital de Lago da Pedra tem salas exclusivas para tratamento de pacientes com quadros graves e moderados do novo coronavírus, com as salas vermelhas e amarelas. Na sala vermelha, que tem quatro leitos, ficam os pacientes que necessitam de cuidados e vigilância intensivos enquanto aguardam a definição do diagnóstico, uma cirurgia de emergência ou transferência para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Já na amarela, também com quatro leitos, ficam os casos de gravidade moderada, que precisam de cuidados especiais ou que estão saindo da sala vermelha. Além disso, o hospital conta com três consultórios clínicos, inclusive ginecológico, laboratório, apartamentos enfermarias com os leitos, quatro salas de isolamento, centro cirúrgico e sala para raio-x. Conta ainda com salas para recuperação pós anestésico, assistência social, cozinha, refeitório e estacionamento exclusivo.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, a entrega deste hospital reforça o trabalho que o Governo tem realizado para consolidar a saúde estadual do maranhão. “Estamos trabalhando arduamente para aumentar a rede de atendimentos no Maranhão. Neste período difícil que vivemos, com uma pandemia global,  já aumentamos a nossa capacidade de assistência em 8 vezes e continuamos nos empenhando e somando esforços com a Secretaria de Estado de Saúde, os municípios, sempre buscando parcerias, para crescer com essa rede de apoio e combate ao coronavírus no estado”, disse o Secretário.

Novas estruturas no estado
As obras de ampliação e construção de novos leitos, tem se estendido por todo estado. Cidades pólos, como São Luís, Santa Luzia, Coroatá e Caxias recebem estruturas exclusivas para tratamento de pacientes com a Covid-19. Todas essas ampliações, estão sendo executadas pelo Governo do Maranhão, através das Secretarias de Infraestrutura (Sinfra), Saúde (SES), e de Governo (SEGOV) a fim de aumentar a rede de assistência no combate ao Codiv-19 no Maranhão.
Duas cidades no Sul do Estado receberam reforço na infraestrutura hospitalar. Imperatriz dispõe de 54 leitos estaduais para tratamento de pacientes com Covid-19, distribuídos entre o Hospital Regional Materno Infantil (HRMI), onde foi implantado um prédio anexo exclusivo e mais o Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto. 

Além disso, o Governo do Estado otimizou o espaço da UPA da Bernardo Sayão. Na UPA do bairro São José e no Hospital de campanha, mantém parcerias com a equipagem das unidades, profissionais e medicamentos. Em Açailândia, foi instalado um Hospital de Campanha de 60 leitos, resultado da parceria entre o Governo do Estado e a empresa Vale e a Prefeitura. Outra iniciativa importante no atendimento de pacientes com Covid-19, são as UTIs aéreas em operação para transporte de casos graves entre cidades.

segunda-feira, 8 de junho de 2020

Prefeito de Santa Quitéria do Maranhão morre por Covid-19


                        Alberto Rocha (PDT) era prefeito de Santa Quitéria do Maranhão. — Foto: Divulgação/Famem
O prefeito de Santa Quitéria do Maranhão, Alberto Moreira Rocha (PDT) morreu na manhã deste sábado (6), em São Luís, por complicações causadas pela Covid-19. Ele tinha 45 anos e há três era prefeito do município localizado a 350 km da capital maranhense.
Alberto estava internado desde o inicio da semana no Hospital Macrorregional de Chapadinha, localizado a 245 km de São Luís, mas após complicações no seu quadro de saúde, ele precisou ser transferido
para o Hospital Dr. Carlos Macieira, na capital.
De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na sexta-feira (6), a cidade de Santa Quitéria havia registrado mais de 240 casos do novo coronavírus.
Por meio de nota, a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), divulgou uma nota de pesar e solidarizou com a família de Alberto Rocha em razão da morte do político.
‘”A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), informa, com imenso pesar, o falecimento do prefeito de Santa Quitéria, Alberto Rocha, ocorrido, na manhã deste sábado (6). Alberto foi mais uma vitima da Covid-19 e, faleceu em meio à luta incansável contra a pandemia em seu primeiro mandato como prefeito. Deixamos nossa solidariedade à família, à população de Santa Quitéria e a todos os prefeitos maranhenses que seguem no combate contra o coronavírus. A Famem seguirá atuando ao lado dos municípios para que menos vidas sejam perdidas”.

Ficar em casa

Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).
Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados


Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
G1MA