POLITICA

Suposta pesquisa eleitoral em Lago da Pedra é fake ou fato?.


Uma suposta pesquisa eleitoral de intenção de votos para prefeito de lago da pedra está circulando nas redes socais, e muita gente está se perguntando é fato ou fake? isso porque na pesquisa mostra três cenários diferentes, uma a ex prefeita maura Jorge aparece na frente com mais de 52% de intenção de votos,  e o atual prefeito Laércio Arruda aparece com  21% , o empresário Dr. weuler com  10%.

Em outro cenário o atual prefeito Laércio Arruda é que aparece na liderança.
No 3º cenário maura Jorge 32,7%,Dr. weuler 25,5% Laércio Arruda 20,3%.

Segundo a pesquisa mauro Jorge aparece com mais de .6% em todos os cenários.

Essa pesquisa procede? qual sua opinião? fake ou fato?.


Quatro mil mulheres maranhenses vão participar da Marcha das Margaridas

             
Cerca de 100 mil mulheres devem participar da tradicional Marcha das Margaridas que acontece nesta terça-feira (13) e quarta-feira (14) em Brasília. Mais de quatro mil “Margaridas” irão a Brasília levar as suas lutas, as suas resistências e, principalmente, dialogar sobre a crise que assola o país, em especial, no que atinge as mulheres trabalhadoras.
Para quem não sabe esta segunda-feira (12), completam 36 anos do assassinato de Margarida Maria Alves, símbolo da maior ação de mulheres da América Latina, milhares de Margaridas de todo o Brasil e de outros 26 países estão a caminho de Brasília rumo a Marcha das Margaridas 2019.


O evento é uma ação estratégica das trabalhadoras rurais para garantir e ampliar as conquistas das mulheres do campo e das florestas. Além da Fetaema, a Marcha das Margaridas também conta com as parcerias da Confederação dos Trabalhadores na Agricultura, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), centrais sindicais e demais entidades. Do Maranhão, cerca de quatro mil mulheres irão participar da marcha.
Para garantir a participação das mulheres maranhenses, a secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça, e a secretária de Mulher da Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Maranhão, Lígia Daiana Alves, pediram o apoio semana passada de parlamentares da Assembleia Legislativa do Maranhão.


Ana Mendonça explicou que a visita ao Parlamento estadual teve como objetivo firmar parceria para fortalecer o movimento de mulheres que irão a Brasília em busca de direitos. “A gente não poderia deixar de fazer o convite da participação e do apoio dessa casa legislativa para todas essas mulheres que seguem em marcha do Maranhão, em ônibus, para reivindicar direitos de todas nós”, disse a secretária Ana Mendonça, afirmando que recebeu total apoio do presidente Othelino Neto.
Lígia Daiana Alves enfatizou que todas as mulheres que vão participar do evento levam em suas bagagens a força e a coragem para lutar por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência. “Iremos levar a nossa luta e a nossa resistência. Vamos dialogar com a sociedade sobre esse governo que tem atacado a classe trabalhadora, sobretudo, o futuro do homem e da mulher do campo. E nós, Margaridas, do campo, das águas, das florestas e das cidades, neste momento, faremos a luta necessária para a defesa dos direitos coletivos”, disse Ligia Daiana.
Atividades começam nesta terça-feira (13)
As caravanas começaram a chegar na madrugada desta terça-feira (13) no Pavilhão do Parque da Cidade. Às 9h, será realizada uma Sessão Solene no Plenário Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados, em homenagem às Margaridas. A partir das 14 horas serão realizadas atividades simultâneas no Pavilhão do Parque da Cidade: oficinas, plenárias, painéis, Mostra das Margaridas, rodas de conversa, lançamento de Cartilha, entre outras. A abertura oficial será às 19h, seguida de noite cultural.


A “grande marcha” será quarta-feira(14). A concentração será a partir das 6h, no Pavilhão do Parque da Cidade, com saída prevista às 7h em direção à Esplanada dos Ministérios, onde será feito o encerramento por volta de 11h nas proximidades do Congresso Nacional.
Para as Margaridas, marchar em Brasília reúne grande valor político e simbólico. Em marcha, fazem ecoar a importância do trabalho exercido pelas mulheres, ainda invisibilizado, e afirmam a necessidade de um país que assegure ao seu povo direitos capazes de promover justiça social e igualdade, principalmente às mulheres e às populações negras, que vivem de forma mais intensa os efeitos das desigualdades, da fome e da violência. “Diante da importância da Marcha das Margaridas, construída em seus 20 anos de história, a CONTAG e organizações parceiras convidam todas e todos a estarem conosco, principalmente no dia 14 de agosto, em defesa dos direitos e dos interesses das mulheres do campo, da floresta e das águas”, convida Mazé Morais, secretária de Mulheres da CONTAG e coordenadora geral da Marcha das Margaridas.
Saiba mais sobre a Marcha das Margaridas
Quem são as Margaridas?

Trabalhadoras rurais realizam a Marcha das Margaridas em protesto por mais educação, mais políticas públicas para o campo e em prol do direito das mulheres. A manifestação ocorre de quatro em quatro anos. Foto: Pedro França/Agência Senado

São as mulheres trabalhadoras do campo, da floresta e das águas que, em marcha, tecem suas experiências comuns de vida e luta. A Marcha tem como força inspiradora a luta de Margarida Maria Alves, uma mulher trabalhadora rural nordestina, que rompendo com padrões tradicionais de gênero ocupou, por 12 anos, a Presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande, na Paraíba.
Líder sindical bastante influente, construiu uma trajetória sindical de luta pelo direito à terra, pela reforma agrária, por melhores condições de trabalho e contra as injustiças sociais e o analfabetismo. No dia 12 de agosto de 1983, esta grande lutadora do povo foi brutalmente assassinada, na porta de sua casa. Seu nome se tornou um símbolo nacional de força e coragem cultivado pelas mulheres e homens do campo, da floresta e das águas. É em nome dessa luta que a cada quatro anos, no mês de agosto, milhares de Margaridas de todos os cantos do País marcham em Brasília, num clamor por justiça, igualdade e paz no campo e na cidade.
Quem coordena?
A Marcha das Margaridas é coordenada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), suas 27 Federações e mais de 4 mil Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais filiados. A Marcha das Margaridas se constrói em parceria com 16 movimentos feministas e de mulheres trabalhadoras, centrais sindicais e organizações internacionais.
O IMPARCIAL

Míriam Leitão diz que Bolsonaro é repulsivo e indica impeachment

                        
A jornalista Míriam Leitão interrompeu suas férias para publicar em seu blog no jornal O Globo dura crítica a Jair Bolsonaro; ela demonstra sua repulsa ao ocupante do Planalto em antalógico artigo: "Durante mais de três décadas - escreve - os militares disseram ao país que não tinham documentos, não sabiam dizer onde estavam os desaparecidos políticos, não souberam como morreram os que foram assassinados nos quartéis durante a ditadura militar. Hoje, o presidente Jair Bolsonaro disse o oposto. Primeiro, decidiu brincar com mais um drama humano e dizer ao presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, que sabia como o pai do advogado havia morrido. Depois, criou a sua versão que culpa a esquerda". 
"O que o presidente fez é repulsivo", enfatiza a jornalista. E prossegue: "Mostra, como definiu Felipe Santa Cruz, crueldade e a falta completa de empatia que os seres humanos têm uns em relação aos outros. O presidente brinca com o sentimento de um filho que nunca conviveu com o pai porque ele foi morto aos 26 anos" .  
Depois de assinalar que Bolsonaro se coloca "como o conhecedor dos segredos da ditadura" e de "informações sonegadas", Míriam escreve: "O Brasil não teve o conforto das informações. Em nome da paz e da construção do futuro foi dito que aceitássemos essa perda de memória dos militares. Só que ontem, pela fala do presidente, caiu a máscara. O presidente se sente no direito de manipular as informações que foram sonegadas ao país e às famílias e jogar a culpa sobre as vítimas. Quem está com a palavra agora é o Exército, a Marinha, a Aeronáutica. O que houve com Felipe Santa Cruz, o pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil? Como foram as circunstâncias dessa morte e de tantas outras ocorridas no período em que os militares governaram o Brasil? Onde estão os restos dos desaparecidos políticos?"  
E finaliza: "A Constituição anda sendo desrespeitada diariamente pelo presidente da República. É hora de lembrar o que disse o grande Ulysses Guimarães ao promulgar a nossa Carta Magna: 'Temos ódio à ditadura, ódio e nojo'. Ontem foi o dia de sentir nojo".
-------------------------------------------------------------------------------------------
Bolsonaro ataca Flávio Dino
  Bolsonaro ataca Flávio Dino
 O presidente Jair Bolsonaro atacou duramente o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), antes de iniciar uma coletiva de imprensa com jornalistas na manhã desta sexta-feira 19.
"O pior governador é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara", disse Bolsonaro ao ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e vazada no vídeo da transmissão, uma vez que o microfone estava aberto.
Flávio Dino é o governador que apresenta os melhores índices estaduais e também o que melhor paga os professores da rede pública. Tem alto índice de aprovação (59%), de acordo com a pesquisa mais recente. Com formação jurídica, é crítico constante dos excessos da Lava Jato e do ex-juiz Sergio Moro.

247               
Agora lascou! Moro vai apitar final da Copa América e Greenwald será o VAR
O colunista da folha de São Paulo José Simão em suas piadas na Rádio Band News, brincou com os vazamentos que comprometem a conduta de Sérgio Moro na Lava Jato.
                                            
                                                 Assista ao vídeo:


Bolsonaro é vaiado no Mineirão

Jair Bolsonaro não passou no teste de popularidade do Mineirão. Ao tentar desfilar em campo, no intervalo da semifinal entre Brasil e Argentina, ele foi vaiado pela maioria dos torcedores. No seu governo, as perspectivas de crescimento econômico já foram rebaixadas 18 vezes consecutivas pelo mercado.
Estádio lotado, com mais de 50 mil pessoas, presença até mesmo do presidente da República, um clássico sul-americano com direito a um camisa 10 eleito cinco vezes o melhor do mundo no time adversário. Atmosfera perfeita para a Seleção Brasileira reerguer o orgulho do torcedor e para Tite rebater aqueles que criticam seu trabalho.
O jogo começou disputadíssimo, com carrinhos, faltas e muita marcação. A primeira chance argentina foi um chute de longe de Paredes, que passou sobre o gol de Alisson. A resposta brasileira ocorreu aos 18 minutos. Daniel Alves abriu na ponta para Firmino. Ele cruzou rasteiro e dentro da área, Gabriel Jesus só escorou para o fundo das redes de Armani. A torcida foi à loucura! Era o primeiro gol do atacante do Manchester City na Copa América, era o gol que aliviava toda uma nação!
Mas alívio mesmo quem deve ter sentido foi o goleiro Alison aos 29 minutos. Cruzamento para a área brasileira, Agüero tocou de cabeça e a bola foi caprichosa tocar no travessão e voltou para campo, onde Thiago Silva tirou o perigo definitivamente. Um sufoco!
                   
                       Pesquisa para prefeito 2020 em Lagoa Grande
             
A um ano e meio das eleições municipais, já tem pré-candidato encomendando pesquisas para avaliar seu nome para as próximas eleições municipais em Lagoa Grande do maranhão.
Há pucos dias passou um instituto de pesquisa fazendo levantamento de intenção de votos para prefeito de Lagoa Grande para as próximas eleições de 2020, as simulações foram feitas com quatros nomes que afirmam que vão concorrerem uma vaga na prefeitura, os números não foram revelados, mas já se sabe qual os três  pré candidatos são favoritos.

Não sabemos ainda como vai ser o cenário politico de Lagoa Grande, desde 2004 as eleições foram sempre compostas por três candidatos a prefeitos, mais no próximo ano tudo pode ser diferente, talvez tenha três candidatos ou não, tudo vai depender do desempenho e liderança de cada imprefeituraveis.

O que se sabe é que Lagoa Grande tem histórico do eleitor não querer votar em candidato fraco, aí quem entra já sabe, não pode dá mole! e nem brincar de fazer política porque corre o risco de morrer na praia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário